PUBLICIDADE
Esportes

Torcida do Santos se mobiliza por mosaico no Pacaembu

A torcida do Santos quer produzir um mosaico no Pacaembu e espera pela estreia no dia 14 de outubro, em clássico contra o Corinthians, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O mando de campo ainda não foi definido. O projeto é conduzido por torcedores comuns e, a princípio, não tem apoio financeiro da diretoria. Guilherme [?]

09:45 | 02/07/2018

A torcida do Santos quer produzir um mosaico no Pacaembu e espera pela estreia no dia 14 de outubro, em clássico contra o Corinthians, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O mando de campo ainda não foi definido.

O projeto é conduzido por torcedores comuns e, a princípio, não tem apoio financeiro da diretoria. Guilherme Moraes, Raul Almeida e Thiago Silvestroni foram ao estádio e analisaram o que é necessário pelo primeiro mosaico do Peixe.

O mosaico terá duas palavras e um símbolo, mantidos em sigilo. O texto precisa ter aprovação da CBF e Polícia Militar. O vice-presidente Orlando Rollo deu sinal verde para a ação.

O material é o papel A3, nas cores branco e preto, para ocupar as 6.457 cadeiras laranjas centrais. O custo estimado é de R$ 3 mil e uma campanha será feita nas redes sociais para arrecadar o dinheiro suficiente. Panfletos com a campanha serão entregues no próximo dia 19, em clássico contra o Palmeiras, no Pacaembu, pela 13ª rodada do Brasileirão.

Gazeta Esportiva

TAGS
Torcida do Santos se mobiliza por mosaico no PacaembuSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

Torcida do Santos se mobiliza por mosaico no Pacaembu

A torcida do Santos quer produzir um mosaico no Pacaembu e espera pela estreia no dia 14 de outubro, em clássico contra o Corinthians, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O mando de campo ainda não foi definido. O projeto é conduzido por torcedores comuns e, a princípio, não tem apoio financeiro da diretoria. Guilherme [?]

09:45 | 02/07/2018

A torcida do Santos quer produzir um mosaico no Pacaembu e espera pela estreia no dia 14 de outubro, em clássico contra o Corinthians, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O mando de campo ainda não foi definido.

O projeto é conduzido por torcedores comuns e, a princípio, não tem apoio financeiro da diretoria. Guilherme Moraes, Raul Almeida e Thiago Silvestroni foram ao estádio e analisaram o que é necessário pelo primeiro mosaico do Peixe.

O mosaico terá duas palavras e um símbolo, mantidos em sigilo. O texto precisa ter aprovação da CBF e Polícia Militar. O vice-presidente Orlando Rollo deu sinal verde para a ação.

O material é o papel A3, nas cores branco e preto, para ocupar as 6.457 cadeiras laranjas centrais. O custo estimado é de R$ 3 mil e uma campanha será feita nas redes sociais para arrecadar o dinheiro suficiente. Panfletos com a campanha serão entregues no próximo dia 19, em clássico contra o Palmeiras, no Pacaembu, pela 13ª rodada do Brasileirão.

Gazeta Esportiva

TAGS