PUBLICIDADE
Esportes

Sem Jair Ventura, dupla da base ganha sobrevida no Santos

Com a saída do técnico Jair Ventura, dois jogadores da equipe sub-23 e revelados nas categorias de base ganham sobrevida no Santos: o meia Fernando Medeiros e o atacante Diego Cardoso. A dupla é bem avaliada pela diretoria e por alguns membros da comissão técnica, porém, foram devolvidos ao time B depois de viajarem com [?]

08:15 | 24/07/2018

Com a saída do técnico Jair Ventura, dois jogadores da equipe sub-23 e revelados nas categorias de base ganham sobrevida no Santos: o meia Fernando Medeiros e o atacante Diego Cardoso.

A dupla é bem avaliada pela diretoria e por alguns membros da comissão técnica, porém, foram devolvidos ao time B depois de viajarem com o elenco principal para amistosos contra Monterrey e Querétaro, no México. Antes, na pré-temporada, treinaram por algumas semanas antes de serem rebaixados.

A mudança no comando pode fazer com que Fernando e Diego retornem ao grupo profissional. A decisão de Jair após a excursão deixou alguns dirigentes incomodados no Peixe.

Fernando Medeiros, de 22 anos, que entrou nos minutos finais do empate em 0 a 0 com o Querétaro tem contrato até dezembro e negocia a renovação. Seus representantes afirmam que há dois clubes da Série A interessados. Não houve avanço recente.

Diego Cardoso tem 24 anos e foi mantido depois de proposta de empréstimo do Portimonense-POR. O atacante tem vínculo até 15 de dezembro de 2019 e a sua situação contratual é mais segura para o alvinegro.

Gazeta Esportiva

TAGS