PUBLICIDADE
Esportes

Santos diz estar na metade da negociação por dois atacantes estrangeiros

O Santos negocia com dois atacantes estrangeiros: Derlis González, paraguaio do Dínamo de Kiev-UCR, e Joaquín Ardaiz, uruguaio do El Tanque Sisley-URU. As tratativas estão na metade do caminho. ?Estamos no meio. 50%. Esperamos resposta (pelo Derlis) e querem uma outra situação. É negociação. Acertaram o nome, mas sem outras informações?, disse o executivo de [?]

14:15 | 18/07/2018

O Santos negocia com dois atacantes estrangeiros: Derlis González, paraguaio do Dínamo de Kiev-UCR, e Joaquín Ardaiz, uruguaio do El Tanque Sisley-URU. As tratativas estão na metade do caminho.

?Estamos no meio. 50%. Esperamos resposta (pelo Derlis) e querem uma outra situação. É negociação. Acertaram o nome, mas sem outras informações?, disse o executivo de futebol Ricardo Gomes, responsável pela negociação com o paraguaio.

?Depende de algumas situações, está aprovado pela análise de desempenho. Está 50% também?, falou Peres, que negocia com Ardaiz.

As tratativas por González estiveram bem próximas de um desfecho positivo, mas Vitor Bueno não gostou da ideia de ser trocado pelo empréstimo de uma temporada, como informou o ?Diário do Peixe?. Dessa forma, o alvinegro tenta a cessão de um ano sem envolver jogadores, com uma compensação financeira.

Enquanto isso, o Santos aguarda pela resposta da proposta de 1,5 milhão de dólares (R$ 5,8 mi) feita por Ardaiz. O atacante uruguaio está na mira da Sampdoria-ITA e seus agentes não têm pressa pela definição do futuro. A pedida inicial foi de 3 milhões de dólares (R$ 12 mi) por 50% dos direitos econômicos do atleta conhecido pelo apelido de ?Pássaro?.

Derlis González tem 24 anos, 1,72m de altura e atua como ponta, preferencialmente pela esquerda Revelado pelo Rubio Ñu e com passagens pelo Benfica B, Guarani, Olimpia e Basel, ele tem contrato até junho de 2020. O paraguaio costuma ser convocado para a seleção de seu país.

Joaquín Ardaiz é uma promessa da seleção sub-20 do Uruguai. Revelado pelo Danubio, o jovem foi ligado a grandes clubes antes de ir para o Antuérpia-BEL, como o Chelsea-ING e o Sporting-POR. Ele foi aprovado por Ricardo Gomes, novo executivo de futebol do alvinegro.

Depois de acertar com Bryan Ruiz e Carlos Sánchez para o meio-campo, o Santos quer dois atacantes. Um centroavante é prioridade e vinda de um volante defensivo também está nos planos do presidente José Carlos Peres.

 

Gazeta Esportiva

TAGS