PUBLICIDADE
Esportes

Recorde o histórico do interino Chulapa no comando do Santos

Após a demissão de Jair Ventura, Serginho Chulapa será o comandante interino da equipe do Santos para a partida contra o Flamengo. O ídolo e atualmente na comissão fixa do Alvinegro Praiano dirige o time por mais uma vez na sua carreira. Em 1994, pouco tempo depois de se aposentar dos gramados como atleta, aceitou [?]

09:15 | 25/07/2018

Após a demissão de Jair Ventura, Serginho Chulapa será o comandante interino da equipe do Santos para a partida contra o Flamengo. O ídolo e atualmente na comissão fixa do Alvinegro Praiano dirige o time por mais uma vez na sua carreira.

Em 1994, pouco tempo depois de se aposentar dos gramados como atleta, aceitou o convite de Pepe, o então treinador do Santos, para ser auxiliar-técnico. Depois da demissão do Canhão da Vila, assumiu o clube efetivamente e ficou durante praticamente toda a temporada daquele ano. Serginho acabou demitido em novembro após agredir, com uma cabeçada, um jornalista depois de perder por 2 a 1 para o Corinthians.

O terceiro maior artilheiro do Peixe após a Era-Pelé, com 104 gols, Chulapa ficou afastado do clube nos momentos em que Emerson Leão foi o treinador, entre 2002-2004 e 2008. Os dois tiveram desavenças na época em que ainda eram atletas e não tem boa convivência até os dias de hoje.

Em 2015, o interino foi auxiliar direto de Marcelo Fernandes e conquistou o Campeonato Paulista daquela temporada. Pelo Brasileirão daquele ano, o então treinador foi suspenso e Chulapa comandou o time a beira de campo na vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians.

Em 70 partidas como técnico efetivo e interino do clube da Vila Belmiro, Chulapa venceu 33 partidas, empatou 20 e perdeu 17. O ex-jogador também tem passagens por Remo, Sãocarlense e Portuguesa Santista, mas sem grande destaque.

O Santos, dirigido momentaneamente por Serginho Chulapa, recebe o Flamengo nesta quarta-feira pelo Brasileiro Série A, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro.

Gazeta Esportiva