PUBLICIDADE
Esportes

Presidente do Conselho, Marcelo Teixeira avalia primeiro semestre de Peres

Na última quarta-feira, o ex-presidente santista Marcelo Teixeira promoveu na capital paulista uma noite de autógrafos para o lançamento de seu novo livro, ?Das Arquibancadas à Presidência ? 2002?. Atual Presidente do Conselho Deliberativo do Peixe, o dirigente aproveitou a oportunidade e fez uma avaliação do seu primeiro semestre a frente deste seu novo cargo. [?]

10:15 | 19/07/2018

Na última quarta-feira, o ex-presidente santista Marcelo Teixeira promoveu na capital paulista uma noite de autógrafos para o lançamento de seu novo livro, ?Das Arquibancadas à Presidência ? 2002?. Atual Presidente do Conselho Deliberativo do Peixe, o dirigente aproveitou a oportunidade e fez uma avaliação do seu primeiro semestre a frente deste seu novo cargo.

?É uma experiência diferente. Algo que eu não tinha tido ainda, que é trabalhar na área legislativa. Tem sido muito gratificante. Porque eu acho que com a minha experiência, ainda mais nesse momento conturbado na política do Santos, cabe a nós que já vivenciamos por muito tempo nessa parte administrativa dirigir este trabalho. Obviamente não é dirigir de uma forma para proteger ninguém, ao contrário, estamos ali para obedecer o estatuto do clube. Mas podemos fazer com que tudo isso ocorra de uma forma mais cautelosa, em que utilizando a minha experiência, para ao invés de colocar mais fogo, você consegue contornar algumas situações?, comentou o cartola, que foi presidente do clube entre 1991 e 1993 e depois entre 2000 e 2009.

Entre estas situações, existe a forte polêmica na diretoria santista envolvendo os pedidos de impeachment do presidente eleito no final ano passado, José Carlos Peres. Segundo Marcelo Teixeira, essa situação deve começar ser definida já na próxima reunião do Conselho, no dia 14 do próximo mês.

?A comissão de inquérito fez a apuração e protocolou os dois pedidos de impeachment, que já foram entregues à mesa. Nós vamos agora fazer a próxima reunião do conselho agora no próximo dia 14 de agosto. Já há uma pauta prevista para esse dia, contando inclusive com outros assuntos já previstos, como o balanço de 2017. Mas pretendemos analisar e programar com o plenário para que ele possa avaliar e fazer uma decisão final?, avaliou.

Posteriormente, o ex-presidente que esteve a frente do clube durante os títulos brasileiros de 2002 e 2004, comentou um pouco sobre estes primeiros seis meses de Peres na presidência do clube. Segundo Marcelo, o trabalho vem sendo feito com um misto de altos e baixos, mas ainda é cedo para uma conclusão.

?É um trabalho onde existe uma certa oscilação. É normal num grupo que assume e que vai adotando as medidas necessárias de acordo com aquilo que o quadro associativo aprovou, com as propostas apresentadas, parte delas estão sendo realizadas gradativamente. Mas acho que temos que dar mais tempo para que a administração possa ir implantando e colhendo o que planeja?, completou.

Especial para a Gazeta Esportiva*

Gazeta Esportiva

TAGS