PUBLICIDADE
Esportes

Por alívio nas contas, Santos tenta vender até os emprestados

O Santos receberá R$ 87 milhões no fim deste mês pela primeira das duas parcelas da venda de Rodrygo ao Real Madrid-ESP e estima mais R$ 41 milhões na saída de Lucas Veríssimo, com Lyon-FRA e Torino-ITA na disputa. Mesmo assim, o Peixe segue na busca por economia. O alvinegro quer diminuir a folha salarial [?]

07:15 | 02/07/2018

O Santos receberá R$ 87 milhões no fim deste mês pela primeira das duas parcelas da venda de Rodrygo ao Real Madrid-ESP e estima mais R$ 41 milhões na saída de Lucas Veríssimo, com Lyon-FRA e Torino-ITA na disputa. Mesmo assim, o Peixe segue na busca por economia.

O alvinegro quer diminuir a folha salarial de cerca de R$ 5 milhões com atletas pouco aproveitados pelo técnico Jair Ventura. A meta ainda inclui negociar jogadores emprestados até dezembro, como os zagueiros Cleber Reis, do Paraná, e Fabián Noguera, do Estudiantes, o volante Leandro Donizete, do América-MG, e o atacante Rodrigão, do Avaí. Todos são oferecidos no mercado.

Do atual elenco, Jonathan Copete e Emiliano Vecchio são os ?mais negociáveis?. Juntos, o colombiano e o argentino têm 35 jogos, nenhum gol na temporada e altos salários. A diretoria não descarta transferir também Daniel Guedes, Jean Mota, Léo Cittadini e Vitor Bueno.

O grupo atual tem 28 atletas e o presidente José Carlos Peres quer um primeiro e um segundo volante, um meia e um centroavante. Dependendo de quem for negociado, mais reforços podem chegar.

Goleiros: Vanderlei, Vladimir e João Paulo

Laterais: Victor Ferraz, Dodô e Daniel Guedes

Zagueiros: Lucas Veríssimo, David Braz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Robson Bambu

Volantes: Alison, Guilherme Nunes, Renato, Yuri e Diego Pituca

Meias: Jean Mota, Léo Cittadini, Vecchio, Vitor Bueno e Gabriel Calabres

Atacantes: Rodrygo, Gabigol, Bruno Henrique, Eduardo Sasha, Arthur Gomes, Yuri Alberto e Copete

Gazeta Esportiva

TAGS