PUBLICIDADE
Esportes

Dodô não liga para estatísticas, mas admite oscilação no Santos: ?Altos e baixos?

Dodô foi contratado pelo Santos em fevereiro e rapidamente caiu nas graças da torcida. Ao longo do primeiro semestre, porém, o lateral-esquerdo oscilou e voltou a se destacar no empate em 1 a 1 com o Flamengo na última quarta-feira, na Vila Belmiro. O ala admite os altos e baixos na temporada, mas não liga [?]

17:30 | 27/07/2018

Dodô foi contratado pelo Santos em fevereiro e rapidamente caiu nas graças da torcida. Ao longo do primeiro semestre, porém, o lateral-esquerdo oscilou e voltou a se destacar no empate em 1 a 1 com o Flamengo na última quarta-feira, na Vila Belmiro.

O ala admite os altos e baixos na temporada, mas não liga para as estatísticas ? não deu assistência ou marcou gols ainda -, e acredita que tem mantido boa média de atuação.

?Acho que não, entendo o Victor (que disse se cobrar por assistências), mas a nossa função é mais de suporte, participamos muito da origem das jogadas e da saída de bola, que era um problema nosso no começo do ano. Tenho participado da parte defensiva e construção desde trás. Esse detalhe que vai para as estatísticas, de gol ou assistência, é mais para o atacante, que tem essa responsabilidade. A gente participa de ações ofensivas, Victor foi um dos destaques no último jogo, participou bastante. Esse suporte pelo lado do campo tem sido importante e bem feita na minha opinião?, disse Dodô.

?Concordo. Se pegar o início, com atuações mais brilhantes na parte ofensiva, nos últimos jogos tenho tido função mais recuada e isso faz parte. Há altos e baixos, mas acho que tenho mantido a média. No começo do ano estive pouco acima, e agora tenho que trabalhar sempre para melhorar. Agradeço pelo apoio, é muito legal, o apoio na Vila foi muito legal. Fizemos o gol aos 2 minutos e cantaram, incentivaram, foi importante. Mostraram que acreditaram. Estou feliz com meu desempenho, não tem me incomodado. Tenho feito boas partidas?, completou.

Dodô tem 28 jogos na temporada. O lateral-esquerdo está emprestado pela Sampdoria-ITA até o fim de 2018 e, até o momento, não há negociação pela permanência em definitivo.

Gazeta Esportiva

TAGS