PUBLICIDADE
Esportes

Vitória do Brasil na Copa ajudaria o Santos na busca por um meia

O Santos tem uma motivação a mais para torcer por uma vitória do Brasil contra a Costa Rica nesta sexta-feira, às 9h (de Brasília), em São Petersburgo, pela segunda rodada da primeira fase da Copa do Mundo. Os três pontos tirariam os Ticos das oitavas de final e ajudariam o Peixe em uma negociação mais [?]

06:15 | 22/06/2018

O Santos tem uma motivação a mais para torcer por uma vitória do Brasil contra a Costa Rica nesta sexta-feira, às 9h (de Brasília), em São Petersburgo, pela segunda rodada da primeira fase da Copa do Mundo. Os três pontos tirariam os Ticos das oitavas de final e ajudariam o Peixe em uma negociação mais rápida em busca do capitão Bryan Ruiz.

O alvinegro sabe que só poderá retomar as conversas depois da participação da Costa Rica na Copa. Se forem eliminados, Bryan conversaria sobre a possibilidade a partir do dia 28 de junho, depois da partida contra a Sérvia. O meia está livre no mercado depois de não renovar o contrato com o Sporting-POR.

Em contatos iniciais com os representantes do jogador de 32 anos, o Santos ouviu sobre a preferência dele pela Europa. Na sequência, os agentes voltaram atrás e não descartaram a Vila Belmiro. Bryan Ruiz gostou da cidade durante a preparação para a Copa do Mundo de 2014.

?Isso foi motivo de conversa, mas é um jogador que é depois de Copa do Mundo. Só vão conversar depois. É desejo também. Temos lista extensa. Se não tiver opção, nós vamos para outra. Está saindo livre para o Sporting. Já conversamos, mas pediram para conversar depois da Copa?, resumiu o presidente José Carlos Peres, em entrevista na última quinta-feira.

Quem está mais perto de reforçar o Santos no segundo semestre é Carlos Sánchez, do Monterrey-MEX. O Peixe vê a negociação com otimismo. O uruguaio, um segundo volante, não inviabilizaria a chegada do armador Bryan Ruiz. O alvinegro ainda quer um centroavante.

Gazeta Esportiva

TAGS