PUBLICIDADE
Esportes

Santos encaminhou venda de Rodrygo ao Real Madrid em cafeteria na Inglaterra

A negociação entre Santos e Real Madrid foi encaminhada no fim de maio, numa cafeteria em Liverpool, na Inglaterra. O presidente José Carlos Peres se reuniu com representantes do clube espanhol durante a viagem para chefiar a delegação da seleção brasileira, primeiro no Rio de Janeiro e depois na Europa durante período de preparação para [?]

14:30 | 15/06/2018

A negociação entre Santos e Real Madrid foi encaminhada no fim de maio, numa cafeteria em Liverpool, na Inglaterra. O presidente José Carlos Peres se reuniu com representantes do clube espanhol durante a viagem para chefiar a delegação da seleção brasileira, primeiro no Rio de Janeiro e depois na Europa durante período de preparação para a Copa do Mundo na Rússia.

Na conversa com o Real, Peres recebeu a proposta de 45 milhões de euros (R$ 196 milhões) e apertou a mão dos diretores. Ficou combinado ali que o Peixe teria que receber ? 40 milhões limpos no negócio (R$ 175 mi).

?Essa transação se iniciou em Liverpool. Até então tínhamos recebido propostas dos cinco maiores clubes da Europa, rechaçamos todas por não atenderem ao mínimo pretendido. De repente, me telefonam em Liverpool e disseram para falar comigo urgente. Fomos em um cafeteria, próxima da concentração da delegação brasileira. E ali conversamos sobre os números. Lá conversamos, foi rápido?, disse o presidente.

?Fechamos em um minuto. Negociação foi rápida, tomando café em Liverpool do lado do hotel. Real Madrid foi direto e disse que só poderia ser feito de clube para clube. Santos está fazendo uma negociação desse tamanho sem um real para intermediário. Operação limpa para o Santos, com valor atingido. Todas as partes ficaram satisfeitas?, explicou o empresário Nick Arcuri

Os detalhes da operação

Rodrygo assinou o termo de transação futura com o clube espanhol até 2025 na manhã desta quinta-feira. O atleta de 17 anos ficará no Santos até junho de 2019. O acordo foi oficializado na manhã desta sexta e os detalhes foram explicados em coletiva de imprensa no Business Center, em São Paulo.

A negociação estava encaminhada há pelo menos uma semana. O Peixe vai receber 40 milhões de euros (R$ 175 milhões) limpos pela venda, equivalentes a 80% da multa rescisória, de 50 milhões de euros (R$ 218 milhões) ? metade agora, à vista, e o restante na apresentação na Espanha. O jogador abriu mão de parte dos valores e ficará com 5 milhões de euros (R$ 22 milhões). É a maior quantia recebida por um clube na história.

O Real Madrid pagará 54 milhões de euros no total ? mais do que a multa -, para que o Santos tenha ? 40 mi líquidos. Nove milhões de euros equivalem a 20% em impostos. A comissão aos representantes de Rodrygo também será paga pelos merengues. Não há cláusulas de bonificações futuras ou amistosos marcados no negócio.

Vale a ressalva de que não há multa rescisória para menores de idade ? Rodrygo fará 18 anos em janeiro. A quantia de 50 milhões de euros, no momento da negociação, serviu como base. Se o atacante tivesse atingido a maioridade, aí sim poderia ser negociado pela multa agora.

A postura de Eric, pai do jogador, e de Nick Arcuri e Fabiano Gudjenian, da empresa Un1que Football, chamaram a atenção do Peixe. Eric fez força para o clube conseguir os 40 milhões de euros exigidos desde o começo das tratativas. E o pagamento, antes em três vezes, caiu para duas parcelas

A transação demorou um pouco mais do que o previsto pela resistência de membros do Comitê de Gestão, principalmente do vice-presidente Orlando Rollo. Parte dos dirigentes queriam a venda apenas com o depósito da multa rescisória. No fim das contas, o presidente Peres teve a anuência de outros gestores e não contou com a assinatura de Rollo no contrato.

O alvinegro pretende trazer reforços, quitar dívidas de curto prazo e construir um centro de treinamento para as categorias de base. A diretoria ainda vai vender Lucas Veríssimo. O Lyon-FRA já ofereceu 9 milhões de euros (R$ 39 milhões) e o Santos quer ao menos 10 mi (R$ 44 milhões).

Sensação do futebol brasileiro em 2018, Rodrygo foi procurado por Barcelona, Bayern de Munique, Borussia Dortmund e PSG. O atacante optou pelo Real Madrid, onde atuará com Vinicius Jr, de saída do Flamengo. O Real, além da magnitude na Europa, foi quem mais abriu os cofres.

Rodrygo foi promovido ao elenco profissional do Santos em outubro de 2017, entrou em campo duas vezes e se tornou titular nessa temporada. Ao todo, são nove gols em 31 jogos.

Gazeta Esportiva

TAGS