PUBLICIDADE
Esportes

Depois de Rodrygo, Santos muda estratégia para vender Veríssimo

Com prazo a cumprir, o Santos teve pressa para concluir a negociação junto ao Real Madrid-ESP por Rodrygo. E no caso de Lucas Veríssimo, a estratégia do presidente José Carlos Peres é diferente. Veríssimo tem proposta de 9 milhões de euros (R$ 39 mi) do Lyon, além de ter sido procurado por Olympique de Marselha, [?]

06:15 | 16/06/2018

Com prazo a cumprir, o Santos teve pressa para concluir a negociação junto ao Real Madrid-ESP por Rodrygo. E no caso de Lucas Veríssimo, a estratégia do presidente José Carlos Peres é diferente.

Veríssimo tem proposta de 9 milhões de euros (R$ 39 mi) do Lyon, além de ter sido procurado por Olympique de Marselha, também da França, e Torino, Udinese e Lazio, da Itália. A ideia do Peixe é estender ao máximo o desfecho e promover uma espécie de leilão em busca da maior oferta possível.

Os empresários Marcos Ribeiro e Aparecido Inácio, o Cidão, foram ao Business Center, em São Paulo, na tarde desta sexta-feira. A reunião, porém, terminou sem qualquer desfecho. Peres disse anteriormente que venderia o zagueiro por 10 milhões de euros (R$ 43,3 mi), mas agora prefere não estipular novo valor para os representantes.

Assim como na transação de Rodrygo, o alvinegro quer valorizar os 80% dos direitos econômicos. O planejamento é negociar pelo percentual e receber um valor limpo, sem comissões e impostos. As empresas MGS Sports e AIRC Sports têm 10% cada.

Lucas Veríssimo tem contrato até 30 de junho de 2022 e vê a transferência para a Europa com bons olhos. Em 2017, o zagueiro esteve na mira do Stuttgart-ALE, Saint-Éttiene-FRA e ainda foi observado in loco por funcionários da Juventus-ITA. Sua saída é vista como uma das soluções para melhorar as contas e não prejudicar tanto a equipe titular do Santos, já que há David Braz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Robson Bambu à disposição.

Gazeta Esportiva

TAGS