PUBLICIDADE
Esportes

Vontade da esposa pode impedir ida de Barcos ao Santos

A esposa de Hernán Barcos não deseja voltar ao Brasil. E esse pode ser um dos empecilhos para a vinda do atacante argentino da LDU-EQU ao Santos. O atleta, porém, tem interesse de vestir a camisa alvinegra, e não descarta o negócio sugerido pelo técnico Jair Ventura. O Peixe fez uma proposta e espera pela [?]

11:15 | 08/05/2018

A esposa de Hernán Barcos não deseja voltar ao Brasil. E esse pode ser um dos empecilhos para a vinda do atacante argentino da LDU-EQU ao Santos. O atleta, porém, tem interesse de vestir a camisa alvinegra, e não descarta o negócio sugerido pelo técnico Jair Ventura.

O Peixe fez uma proposta e espera pela resposta do jogador de 34 anos nas próximas semanas. A ideia é tê-lo depois da Copa do Mundo, em julho, na reabertura da janela internacional de transferências. Há outros centroavantes em pauta, mantidos em sigilo.

Barcos tem contrato com a LDU até dezembro, porém, há uma cláusula que o libera para outra equipe internacional em caso de proposta. O valor para a quebra deste acordo com os equatorianos é baixo, quase que simbólico.

Essa é a terceira tentativa recente do alvinegro em contar com o Barcos. No início de 2017, com o ex-presidente Modesto Roma, o argentino quase veio, só que uma divida com o Vélez Sarsfield impediu o negócio. E em janeiro deste ano, o clube da Baixada Santista o procurou, mas a opção foi por renovar com a LDU.

Barcos vive boa temporada na LDU, com oito gols em 12 jogos. Na última sexta-feira, porém, o ?Pirata? foi reserva e atuou por apenas nove minutos em vitória por 1 a 0 sobre o Barcelona de Guayaquil, fora de casa.

O atual camisa 9 do Santos, mesmo sem as características de um legítimo centroavante, é Gabigol. Eduardo Sasha também pode desempenhar a função. Yuri Alberto, com origem nessa posição, não vem sendo utilizado por Jair.

Gazeta Esportiva

TAGS