PUBLICIDADE
Esportes

Santos cogita mandar jogos em duas cidades do interior paulista

O Santos se divide entre Vila Belmiro e Pacaembu em 2018, sob o comando do presidente José Carlos Peres. E a divisão pode ganhar outros dois estádios do interior paulista: o Prudentão, em Presidente Prudente, e o Martins Pereira, em São José dos Campos. O Peixe estudou a situação dos dois locais para a partida [?]

10:45 | 03/05/2018

O Santos se divide entre Vila Belmiro e Pacaembu em 2018, sob o comando do presidente José Carlos Peres. E a divisão pode ganhar outros dois estádios do interior paulista: o Prudentão, em Presidente Prudente, e o Martins Pereira, em São José dos Campos.

O Peixe estudou a situação dos dois locais para a partida contra o Luverdense, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, no dia 10 de maio, às 21h45 (de Brasília). Sem as garantias necessárias, porém, a decisão será mesmo na Vila Belmiro.

No caso do Prudentão, o problema é a má condição. O estádio agrada pela capacidade ? 45.954 pessoas, mas está praticamente abandonado. O Santos se comprometeu a atuar lá se o campo e as dependências, de responsabilidade do município, passarem por reformas.

Em relação ao Martins Pereira, o alvinegro ficou perto de jogar pela competição nacional. O problema foi a falta de infraestrutura para a instalação das catracas de acesso aos associados. Com a falta de tempo hábil, a transferência de mando não foi possível. O espaço suporta 16.500 torcedores.

O Santos jogou como mandante em 11 oportunidades na temporada. Seis na Vila Belmiro e cinco no Pacaembu. A média total é de 12.052. Na Baixada Santista, 6.559. Em São Paulo, 18.644.

Gazeta Esportiva

TAGS