PUBLICIDADE
Esportes

Ganso faz post enigmático e anima são-paulinos e santistas

Paulo Henrique Ganso postou uma foto ao lado de seu empresário, Beppe Dioguardi, acompanhada da enigmática legenda: ?O melhor está por vir?. Sem espaço no Sevilla e frequentemente especulado novamente no Brasil, o meia deu a entender que não deve permanecer em seu atual clube na próxima temporada, reacendendo as esperanças de santistas e são-paulinos [?]

18:30 | 09/05/2018

Paulo Henrique Ganso postou uma foto ao lado de seu empresário, Beppe Dioguardi, acompanhada da enigmática legenda: â??O melhor está por virâ?. Sem espaço no Sevilla e frequentemente especulado novamente no Brasil, o meia deu a entender que não deve permanecer em seu atual clube na próxima temporada, reacendendo as esperanças de santistas e são-paulinos quanto a um possível retorno do atleta.

Contratado pelo Sevilla em 2016, Ganso entrou em campo apenas em 27 oportunidades, marcando sete gols. Tido como um jogador lento e com menos intensidade que os demais companheiros, o meia não conseguiu convencer os diferentes técnicos que passaram pelo comando da equipe e vive no ostracismo.

O melhor está por vir!!ð???ð?»ð???ð?» @beppedioguardi

Uma publicação compartilhada por PH Chagas de Lima Costi (@phganso) em


Justamente pelo momento ruim que vive no Sevilla, Paulo Henrique Ganso teve seu nome especulado em clubes como São Paulo e Santos. O presidente do Peixe, José Carlos Peres, inclusive, não negou o interesse da agremiação pelo retorno do jogador.

â??O Ganso é um jogador nascido no Santos, é nossa cria, temos carinho especial por quem passou por aqui. Falou que não jogava, aconteceu, é passado para a gente. Futebol é dinâmico e não é moderno só dentro de campo. Ã? fora também. Não vamos deixar de pensar um jogador por causa do passado. Faz parte do marketing pessoal de cada jogadorâ?, disse o presidente do Santos em fevereiro.

Resta saber se Paulo Henrique Ganso estaria disposto a voltar ao Santos após dar adeus ao clube em meio a rixas com os torcedores do clube. No São Paulo, o ambiente é completamente oposto, e o jogador cairia como uma luva no time de Aguirre, já que Nenê, encarregado da armação, já tem 36 anos e Cueva pode se transferir após a Copa do Mundo.

Gazeta Esportiva

TAGS