PUBLICIDADE
Esportes

Preparo físico do Santos agrada; Departamento médico é reformulado

O preparo físico do Santos chama a atenção no clube. Internamente, diretoria e membros da comissão técnica estão muito felizes com a resistência do elenco, que tem aguentado firme até os últimos minutos da partidas, como no empate em 1 a 1 com o Corinthians. ?É preciso destacar a entrega do Santos, que jogou na [?]

10:15 | 07/03/2018

O preparo físico do Santos chama a atenção no clube. Internamente, diretoria e membros da comissão técnica estão muito felizes com a resistência do elenco, que tem aguentado firme até os últimos minutos da partidas, como no empate em 1 a 1 com o Corinthians.

?É preciso destacar a entrega do Santos, que jogou na altitude, viajou e correu muito, até o fim. Time não caiu de rendimento e dominou as ações e poderia ter vencido?, disse Jair Ventura, em entrevista coletiva.

O preparador físico Ednilson Sena é discreto e não quer concentrar os elogios pelo fôlego do elenco. Ele prefere exaltar a entrega dos atletas.

?É o reflexo de um trabalho multidisciplinar, de nutrição, fisiologia, fisioterapia, enfim? Conseguimos recuperar bem os atletas. Enfrentamos a altitude, muitos não passaram por essa situação. Fizemos uma viagem desgastante, é muita coisa. É difícil dar conta do objetivo, mas eles compraram essa ideia de superação e se dedicaram muito do primeiro ao último minuto. É fruto do trabalho deles. Não somos nós, são eles. Sem eles, não conseguiríamos colocar nada disso em prática?, afirmou o profissional, em entrevista à Gazeta Esportiva.

Enquanto isso?

E se a preparação física é elogiada, o departamento médico será reformulado. O Lance informou nesta terça-feira que os fisioterapeutas Tom Pierin e Diego Guietti e a psicóloga Juliane Fechio foram demitidos.

O clube analisa outros desligamentos. Dentre os médicos, especula-se que Rodrigo Zogaib esteja na berlinda. O profissional, porém, ainda não foi chamado para conversar com a diretoria.

 

Gazeta Esportiva

TAGS