PUBLICIDADE
Esportes

Prefeitura afasta diretor do Pacaembu após novo apagão no estádio

A Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de São Paulo afastou José Eduardo Gomes, diretor do estádio do Pacaembu, nesta segunda-feira. A decisão ocorre no dia seguinte ao longo apagão que obrigou a paralisação do clássico entre Corinthians e Santos, que contou com a presença do prefeito João Doria. A Prefeitura não divulgou o [?]

17:30 | 05/03/2018

A Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de São Paulo afastou José Eduardo Gomes, diretor do estádio do Pacaembu, nesta segunda-feira. A decisão ocorre no dia seguinte ao longo apagão que obrigou a paralisação do clássico entre Corinthians e Santos, que contou com a presença do prefeito João Doria.

A Prefeitura não divulgou o motivo do afastamento, entretanto, explicou a causa da falta de luz, que não é a primeira vez que atrapalha o curso de partidas realizadas no estádio municipal. Segundo o órgão, o Pacaembu recebe carga instável pelo fato de ser o consumidor final da linha de energia da região.

O relatório primário realizado pela Eletropaulo também aponta para um problema na cabine primária, equipamento do próprio estádio. Por conta disso, a Prefeitura garante que a partir de agora todos os jogos realizados no Pacaembu contarão com o acompanhamento de um engenheiro e de uma equipe técnica.

Essa não é a primeira vez que o Pacaembu sofre com a falta de luz neste ano. Ainda em janeiro, pela Copa São Paulo de Futebol Júnior, Palmeiras e Portuguesa tiveram de aguardar 15 minutos até a energia voltar no estádio municipal. Dois dias depois, em 21 de janeiro, o confronto entre Corinthians e São Caetano, pelo Campeonato Paulista, teve de ser paralisado por um tempo ainda maior: os atletas tiveram de aguardar o reinício do jogo por aproximadamente meia-hora.

Confira a nota oficial divulgada pela Prefeitura de São Paulo nesta segunda-feira:

Após reunião nesta segunda-feira (5) para elaboração de um relatório preliminar sobre os problemas ocorridos no Estádio Paulo Machado de Carvalho neste domingo (4), a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer resolveu afastar o diretor do Pacaembu, José Eduardo Gomes. Decidiu também solicitar à Eletropaulo que estude a instalação de um novo circuito elétrico na região do Pacaembu, tendo em vista que o estádio é um consumidor final de linha e recebe cara instável. Essa instabilidade torna necessário que os clubes que mandam jogos no estádio providenciem gerador para a partida.

O relatório preliminar elaborado hoje apontou que houve um problema na cabine primária, que é um equipamento do próprio estádio. Essa falha pode ter ocorrido em razão da oscilação na rede da Eletropaulo, da energia do gerador ou ainda por um erro do próprio equipamento. Em virtude disso, será feita uma análise completa da cabine primária. Todos os jogos passarão, a partir de agora, a ser acompanhados por um engenheiro e equipe técnica da Eletropaulo.

Gazeta Esportiva

TAGS