PUBLICIDADE
Esportes

Peres estipula novo preço para Zeca e admite problema com vice no Santos

Depois de afirmar que o Santos só aceitaria o valor da multa rescisória por Zeca, o presidente José Carlos Peres estipulou um novo preço pelo lateral no mercado: oito milhões de euros (cerca de R$ 32 milhões). Zeca esteve perto de ser anunciado como reforço do Corinthians, mas o rival voltou atrás após não ter [?]

07:15 | 16/03/2018

Depois de afirmar que o Santos só aceitaria o valor da multa rescisória por Zeca, o presidente José Carlos Peres estipulou um novo preço pelo lateral no mercado: oito milhões de euros (cerca de R$ 32 milhões).

Zeca esteve perto de ser anunciado como reforço do Corinthians, mas o rival voltou atrás após não ter mais uma garantia de seus empresários sobre o pagamento da multa em caso de derrota do jogador na Justiça Trabalhista. A audiência será em abril.

?Nunca houve uma negociação com o Corinthians. É um jogador que tem valor, sim, campeão da Olimpíada e lateral que está em falta no mercado. Quem pagar o valor leva. Se for pela multa é 50 milhões de euros (R$ 202 milhões) pelo mercado internacional e 150 milhões de euros (R$ 606 milhões) no mercado nacional. Mas vamos falar do valor que ele vale hoje: 8 milhões de euros?, afirmou Peres, em entrevista à rádio Bandeirantes.

Peres também comentou sobre os desentendimentos com o vice-presidente Orlando Rollo. Ambos têm trocado farpas no dia a dia do clube e a relação anda desgastada.

?Olha, divergências são comuns nos clubes normalmente, acontece em todos. No Santos, houve pequenas divergências e tenho certeza que elas serão sanadas em breve. Tenho certeza que o clube está funcionando 100%. Isso é uma questão de entendimento e vai ocorrer nas próximas horas. Tudo isso será resolvido. O Orlando é um parceiro meu de longo tempo e tenho certeza que estaremos em breve de mãos dadas. Pequenas divergências serão resolvidas. Está tudo caminhando e funcionando 100%. São coisas que resolvemos com conversa e um almoço?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS