PUBLICIDADE
Esportes

Jair minimiza derrota do Santos na Libertadores: ?Já passou?

Jair Ventura minimizou a derrota do Santos por 2 a 0 para o Real Garcilaso nesta quinta-feira, em Cusco, no Peru, pela estreia na Libertadores. O técnico disse que a estratégia caiu por terra com o primeiro gol dos peruanos, aos sete minutos, e já projetou o clássico contra o Corinthians, no domingo, às 17h [?]

21:45 | 01/03/2018

Jair Ventura minimizou a derrota do Santos por 2 a 0 para o Real Garcilaso nesta quinta-feira, em Cusco, no Peru, pela estreia na Libertadores. O técnico disse que a estratégia caiu por terra com o primeiro gol dos peruanos, aos sete minutos, e já projetou o clássico contra o Corinthians, no domingo, às 17h (de Brasília), no Pacaembu, pela décima rodada do Campeonato Paulista.

?Nossa estratégia foi quebrada com um gol aos sete minutos, mas botamos a bola no chão, fizemos nosso jogo apoiado. Nossa maior dificuldade foi o tempo na bola. Nas nossas jogadas de passes longos, a bola ia sempre para fora. Paciência. É o nosso primeiro jogo. Não é a estreia que queríamos. Não vamos nos abalar com a derrota de hoje. Já passou. É pensar no clássico agora?, afirmou.

?Não foi surpresa porque o nosso observador técnico esteve aqui, analisou muito bem a equipe do Real. Aconteceu tudo que vimos nos vídeos, mas entre você observar e conseguir neutralizar a diferença é muito grande. Quando passei a equipe adversária aos meus atletas, tem um lance que o jogador deles chuta antes do meio de campo. Todos ficaram: ?Caramba?. Tomamos um gol quase do meio da rua. Sabíamos dessa dificuldade. Tentamos neutralizar os chutes de média e longa distância. Tentamos ficar mais próximos possíveis do passe longo, já que eles têm o timing da bola. Sofremos com os escanteios. Eles agrediram a bola e tiveram êxito. Quem já jogou na altitude sabe. Nossa estratégia foi quebrada com um gol aos sete minutos?, completou.

Pela Libertadores, o Santos voltará a jogar no dia 15 de março, no Pacaembu, contra o Nacional-URU. Com a derrota diante do Real Garcilaso e o empate entre Nacional e Estudiantes, o Peixe é o lanterna do Grupo 6 da Libertadores.

Gazeta Esportiva

TAGS