PUBLICIDADE
Esportes

Aos 16 anos, Victor Yan vibra por estreia inesperada no Santos

Victor Yan, 16 anos, estreou como jogador profissional do Santos no último domingo, na derrota por 3 a 1 para o São Bento, na Vila Belmiro, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. A chance não era esperada. Com todos os titulares poupados, Yan, Emerson e Lucas Lourenço, das categorias de base, foram [?]

10:15 | 12/03/2018

Victor Yan, 16 anos, estreou como jogador profissional do Santos no último domingo, na derrota por 3 a 1 para o São Bento, na Vila Belmiro, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

A chance não era esperada. Com todos os titulares poupados, Yan, Emerson e Lucas Lourenço, das categorias de base, foram chamados para compor o banco de reservas. E Victor foi acionado para substituir Robson Bambu na metade final do segundo tempo.

Volante de origem, Victor Yan fez alguns treinamentos como lateral-direito com o técnico Jair Ventura no começo da temporada. A experiência o fez debutar no Peixe.

?Foi uma emoção enorme, não só pra mim, mas pra minha família também. Com certeza é algo que ficará marcado para sempre na minha vida. Sempre sonhei com isso. Quero agradecer a Deus, aos meus companheiros, a comissão técnica e ao Santos por esse momento maravilhoso. Espero que seja o primeiro de muitos jogos com essa camisa que carrega uma história linda no futebol?, disse Yan, do sub-17.

Surpreso com a oportunidade, o meio-campista revela a conversa com Jair na área técnica antes de entrar e lamenta a estreia com derrota na Vila.

?Eu fiquei muito feliz quando soube que ia para o jogo. O Jair já tinha falado comigo sobre uma chance no profissional, mas não imaginei que fosse acontecer tão rápido. Ali na hora que eu fui entrar, ele me passou as orientações, pediu pra ajudar bastante na marcação e trocar com o Guilherme (Nunes) na bola parada. Infelizmente tomamos o segundo gol, então eu tive que sair mais para o jogo, já que o time estava perdendo?, completou.

Victor Yan é um dos destaques da equipe sub-17 e tem multa rescisória de 50 milhões de euros (pouco mais de R$ 200 milhões). O volante tem boa saída de jogo e faz muitos gols na base.

Gazeta Esportiva

TAGS