PUBLICIDADE
Esportes

Técnico explica ausência de Rodrygo no Santos: ?Circunstâncias?

Depois de um início fulminante no Campeonato Paulista, com dois gols e a expectativa de se tornar titular, Rodrygo saiu um pouco dos holofotes do Santos. A joia não entrou nas duas últimas partidas, contra São Caetano e São Paulo. O técnico Jair Ventura explica o que o fez não utilizar o atacante de 17 [?]

10:15 | 24/02/2018

Depois de um início fulminante no Campeonato Paulista, com dois gols e a expectativa de se tornar titular, Rodrygo saiu um pouco dos holofotes do Santos. A joia não entrou nas duas últimas partidas, contra São Caetano e São Paulo.

O técnico Jair Ventura explica o que o fez não utilizar o atacante de 17 anos e afirma que não foi algo premeditado e será possível vê-lo na sequência do Paulistão.

?São circunstâncias, jogos não pediam atletas da característica dele. Há jogos em que precisaremos de jogadores de drible, de improviso. Chances são iguais para todos. Em um jogo, precisaremos do Guilherme Nunes, de mais marcação, como no clássico. Em outro, de alguém mais agudo. É normal. Temos que pensar no que é melhor para o time?, disse Jair, em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

Rodrygo perdeu parte do espaço no elenco com as chegadas de Gabigol e Eduardo Sasha, que se tornaram titulares. Além de Copete, membro do ataque, Arthur Gomes parece estar à frente do jovem no plantel de Jair.

O Menino da Vila pode ter a oportunidade de entrar em campo diante do Santo André, neste domingo, às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Paulista. Copete, com desconforto muscular na coxa direita, deve ser desfalque,

Gazeta Esportiva

TAGS