No quase em 2018, Braz revela cobrança do filho por gols no SantosSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


No quase em 2018, Braz revela cobrança do filho por gols no Santos

Além das responsabilidades defensivas, David Braz aparece com frequência no ataque do Santos. O zagueiro tem bom aproveitamento nas bolas paradas e arrisca algumas arrancadas, como no último domingo, contra o Santo André, quando tabelou com Arthur Gomes e chutou de fora da área por cima do gol. Depois de quase marcar em algumas oportunidades, [?]

12:15 | 27/02/2018

Além das responsabilidades defensivas, David Braz aparece com frequência no ataque do Santos. O zagueiro tem bom aproveitamento nas bolas paradas e arrisca algumas arrancadas, como no último domingo, contra o Santo André, quando tabelou com Arthur Gomes e chutou de fora da área por cima do gol.

Depois de quase marcar em algumas oportunidades, Braz revela uma cobrança de seu filho de 3 anos por um gol e a dancinha na comemoração. O último foi no dia 4 de novembro, em vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-MG.

?Espero que tenham oportunidades nas próximas partidas para fazer gol com a camisa do Santos. Estou sentindo falta. Meu filho está me cobrando demais, pediu para eu fazer uma dancinha. Com três anos já está pedindo dancinha, brincadeira! Mas tem que ter tranquilidade nessas horas, se ficar afoito a bola não entra. Vou procurar trabalhar ao máximo para na estreia (Libertadores) fazer o gol?, disse Braz, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

O desempenho defensivo do Santos tem melhorado. A equipe não sofreu gols nas últimas três partidas e conta com a manutenção dessa invencibilidade para enfrentar o Real Garcilaso, nesta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), na altitude de 3.400 metros em Cuzco, no Peru.

?Vou continuar dando o meu máximo para o Santos continuar sendo uma defesa forte, como foi ano passado, que ficou entre os melhores no campeonato. O professor (Jair) está com tempo para treinar, semana cheia, e ele procurou trabalhar bastante, passou um pouco mais do trabalho dele. Nessa semana decisiva temos que continuar nessa pegada e humildade para conseguirmos os nossos objetivos, que é a Libertadores e o clássico (contra o Corinthians, no domingo)?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS