PUBLICIDADE
Esportes

Em três jogos, Gabigol supera número de gols marcados na Europa

A camisa do Santos parece realmente fazer bem para Gabriel Barbosa. Contratado como principal reforço do Peixe na temporada, o atacante já marcou nos três jogos em que atuou pela sua segunda passagem no clube. Neste domingo, ?Gabigol? não apenas decidiu o clássico contra o São Paulo, como superou o número de gols marcados na [?]

20:15 | 18/02/2018

A camisa do Santos parece realmente fazer bem para Gabriel Barbosa. Contratado como principal reforço do Peixe na temporada, o atacante já marcou nos três jogos em que atuou pela sua segunda passagem no clube. Neste domingo, ?Gabigol? não apenas decidiu o clássico contra o São Paulo, como superou o número de gols marcados na curta carreira pelo futebol europeu, vestindo as camisas de Internazionale e Benfica.

Depois de uma temporada e meia no exterior, o camisa 10 do Santos anotou apenas dois gols, sendo um pelo clube português e outro pelo italiano. Ao todo, foram 15 vezes em que o brasileiro jogou vestindo as camisas dos times do velho continente e uma passagem recheada de polêmicas.

Disposto a voltar aos holofotes do futebol, ?Gabigol? acertou seu retorno ao Santos no dia 25 de janeiro deste ano. Esperado para estrear diante do Palmeiras, o jogador acabou poupado da derrota por 2 a 1. Desde então, foram três tentos nas partidas contra Ferroviária, que terminou empatada, e nas vitórias diante de São Caetano e São Paulo.

?Desde quando eu não estava jogando nunca deixei de trabalhar. Quando a gente se dedica ao máximo ao nosso trabalho, colhemos os frutos. Claro que nunca esperava três gols em três jogos, sendo um deles em clássico. Mas eu sabia que poderia ajudar o time. Estou muito contente pelo meu início, mas temos que glorificar a equipe que foi muito bem?, disse Gabigol.

Partidas contra rivais locais também são sinônimos de gol para o craque do Peixe. Com o gol marcado no Estádio do Morumbi, neste domingo, Gabriel Barbosa chegou aos 12 tentos em clássicos. O time que mais sofre com o poderio ofensivo do atacante é o Palmeiras, tendo sofrido seis gols. Corinthians e São Paulo aparecem com três cada.

Gazeta Esportiva

TAGS