PUBLICIDADE
Esportes

Renato projeta reencontro com Robinho: ?Não pode deixar ele pensar?

A partida entre Santos e Atlético-MG, neste sábado, às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, será marcado por mais um reencontro de Robinho com o clube que o revelou. Desde que acertou com o Galo, no início de 2016, o Rei do Drible enfrentou o Peixe duas vezes e [?]

16:00 | 03/11/2017

A partida entre Santos e Atlético-MG, neste sábado, às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, será marcado por mais um reencontro de Robinho com o clube que o revelou.

Desde que acertou com o Galo, no início de 2016, o Rei do Drible enfrentou o Peixe duas vezes e saiu derrotado em todas. O primeiro revés foi por 3 a 0, na Vila, no ano passado. Já no primeiro turno do Brasileirão deste ano, Daniel Guedes marcou de falta no último minuto e garantiu o triunfo do Peixe por 1 a 0, no Independência.

Mesmo tratando o ex-companheiro com carinho, Renato acredita que o alvinegro não pode dar espaço para o atacante pensar e que espera que as duas vitórias anteriores se repitam neste sábado.

?É um companheiro, um irmãozão. Sempre nos falamos por mensagem. Ano passado nós também tivemos o confronto na Vila, conseguimos vencê-lo. É um jogador que não pode ter liberdade, não pode deixar ele pensar. Vem tendo uma confiança maior nos últimos jogos, marcando gols? A gente sabe da qualidade dele. Ele nos conhece também. A gente espera sair com a vitória como no ano passado?, disse o volante.

Com 53 pontos, o Santos ocupa a terceira colocação no Brasileiro, um atrás do vice Palmeiras e com seis de distância para o líder Corinthians. Por conta disso, Ricardo Oliveira declarou na última quinta que o Peixe precisa vencer todos os sete jogos restantes para alcançar o título. Renato reforçou o sonho do camisa 9.

?Temos sete finais. O único resultado para nós é a vitória. A equipe está com um foco muito grande sobre isso. A gente sabe que alguns jogos a gente não foi tão bem, principalmente dentro de casa, mas a equipe está comprometida, sabe da responsabilidade que tem nessa reta final. A gente está brigando pelo G-4 e pelo título também. Matematicamente ainda é possível. Temos de acreditar até o final?, concluiu Renato.

Gazeta Esportiva

TAGS