PUBLICIDADE
Esportes

Reclamações e gol perdido ?cavam? saída de Kayke do Santos em 2018

A situação de Kayke no Santos já era bastante complicada. O camisa 11 está emprestado até o final do ano pelo Yokohama Marinos, do Japão, e o Peixe dificilmente pagaria o valor de 1 milhão de dólares (cerca de R$ 3 milhões) para mantê-lo no elenco em 2018. Após a última semana, porém, o atacante [?]

07:15 | 21/10/2017

A situação de Kayke no Santos já era bastante complicada. O camisa 11 está emprestado até o final do ano pelo Yokohama Marinos, do Japão, e o Peixe dificilmente pagaria o valor de 1 milhão de dólares (cerca de R$ 3 milhões) para mantê-lo no elenco em 2018. Após a última semana, porém, o atacante praticamente ?cavou? sua saída do clube a partir de janeiro.

Primeiramente, na última segunda-feira, o atacante cobrou a diretoria de uma premiação pelo empate em 2 a 2 com o Vitória, no Pacaembu, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. A reclamação não pegou bem internamente, tanto que a diretoria ameaçou barrá-lo contra o Sport.

Porém, Kayke foi apenas repreendido pela comissão técnica e acabou viajando para Recife. O camisa 11, inclusive, entrou no segundo tempo na vaga de Ricardo Oliveira e foi protagonista de um lance que complicou ainda mais sua situação no Peixe.

Com a partida empatada em 1 a 1, Kayke teve a chance de ouro para dar a vitória ao alvinegro os 43 minutos do segundo tempo. Após passe de Vecchio, o atacante ficou na cara do goleiro Marcão e? isolou!

O gol inacreditável perdido pelo camisa 11 desanimou de vez a diretoria, que já não estava satisfeita com seu futebol.

A última vez que Kayke balançou as redes foi no dia 5 de setembro, no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, contra o Atlético-PR. Na ocasião, ele anotou dois tentos.

Com a provável saída do camisa 11, a diretoria do Peixe pretende manter Rodrigão no elenco em 2018. O atacante de 23 anos já marcou cinco gols desde foi emprestado ao Bahia, em julho. Ele tem contrato com o Santos até 2020.

Gazeta Esportiva

TAGS