PUBLICIDADE
Esportes

Mesmo invicto, Santos de Levir tem retrospecto fraco no Pacaembu

Nos últimos anos, o Santos vem mostrando que tem uma grande força jogando no Pacaembu. A última derrota do Peixe no estádio aconteceu no longínquo dia 6 de abril de 2014, quando o Ituano venceu por 1 a 0, no primeiro jogo da final do Paulistão. De lá pra cá foram 25 partidas e nenhuma [?]

08:45 | 17/10/2017

Nos últimos anos, o Santos vem mostrando que tem uma grande força jogando no Pacaembu. A última derrota do Peixe no estádio aconteceu no longínquo dia 6 de abril de 2014, quando o Ituano venceu por 1 a 0, no primeiro jogo da final do Paulistão. De lá pra cá foram 25 partidas e nenhuma derrota. Até aí tudo bem. O único problema é o retrospecto recente no Paulo Machado de Carvalho.

Antes da chegada de Levir Culpi, contratado em junho após a demissão de Dorival Júnior, o alvinegro ostentava uma sequência perfeita no Paca, com 20 triunfos seguidos. Com o novo treinador, porém, a equipe empatou três vezes e conquistou apenas duas vitórias.

No primeiro jogo de Levir no estádio paulistano, o Santos não saiu do 0 a 0 com a Ponte Preta. Depois, o Peixe engatou duas boas vitórias, contra Bahia e Flamengo, respectivamente.

Por fim, a equipe saiu zerada mais uma vez, agora frente ao Fluminense, e ficou no 2 a 2 diante do Vitória, na última segunda-feira.

Após o empate contra o Leão, a diretoria do Santos pretende mandar pelo menos mais um jogo no Pacaembu neste ano, contra o Atlético-MG, no próximo dia 4 de novembro, pela 32ª rodada do Brasileirão. Até o momento, porém, a CBF segue com o confronto programado para a Vila Belmiro.

Gazeta Esportiva

TAGS