PUBLICIDADE
Esportes

Elano abandona folga dupla, mas mantém ?lei do silêncio? no Santos

O Santos já teve sua primeira grande mudança após a saída de Levir Culpi, demitido no último sábado, após derrota para o São Paulo, no Pacaembu. Comum com o antigo treinador, a folga dupla foi abolida pelo interino Elano, que seguirá no comando até o fim do Campeonato Brasileiro. Quando tinha uma semana inteira sem [?]

13:15 | 30/10/2017

O Santos já teve sua primeira grande mudança após a saída de Levir Culpi, demitido no último sábado, após derrota para o São Paulo, no Pacaembu. Comum com o antigo treinador, a folga dupla foi abolida pelo interino Elano, que seguirá no comando até o fim do Campeonato Brasileiro.

Quando tinha uma semana inteira sem jogos, Levir costumava dar dois ou até três dias de descanso aos jogadores. Agora, os santistas ganharam folga somente no último domingo e já retornam aos treinamentos na tarde desta segunda-feira. Vale destacar que o longo repouso dado ao elenco foi um dos motivos para a demissão do técnico.

Apesar da diminuição das folgas, Elano vai manter a ?lei do silêncio? dos jogadores nos próximos dias. Após os protestos e polêmicas das últimas duas semanas, o elenco decidiu não falar com a imprensa e foi apoiado por Levir.

Como o interino irá comandar seu primeiro treino nesta segunda e ainda não teve tempo de conversar com os atletas, a ?mordaça? seguirá. Além disso, Elano também fechará as atividades de segunda e terça por completo, escondendo até mesmo os primeiros minutos de aquecimento no gramado do CT Rei Pelé.

Com 53 pontos, o Santos ocupa a terceira colocação do Campeonato Brasileiro e está a seis do líder Corinthians. Na próxima rodada, o Peixe recebe o Atlético-MG, no sábado, às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro.

Gazeta Esportiva

TAGS