PUBLICIDADE
Esportes

Levir comemora ?recuperação psicológica? do Santos após eliminação

Ser eliminado de uma Libertadores nunca é fácil. Porém, o Santos caiu no torneio continental após perder dentro de sua própria casa, o que traumatizou ainda mais o elenco e a torcida. Mesmo assim, os santistas precisam erguer a cabeça rapidamente para enfrentarem o Atlético-PR, neste sábado, na Vila Belmiro, pela 25ª rodada do Campeonato [?]

23:45 | 23/09/2017

Ser eliminado de uma Libertadores nunca é fácil. Porém, o Santos caiu no torneio continental após perder dentro de sua própria casa, o que traumatizou ainda mais o elenco e a torcida. Mesmo assim, os santistas precisam erguer a cabeça rapidamente para enfrentarem o Atlético-PR, neste sábado, na Vila Belmiro, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

E apesar de toda a pressão depois da queda na Libertadores, o Peixe conseguiu bater o Furacão por 1 a 0 e segue sonhando com a conquista do Brasileirão. Para o técnico Levir Culpi, porém, a recuperação da confiança foi até mais importante do que o triunfo em si.

?O tamanho da decepção do jogo passado, transportado para essa noite, dava pra imaginar um resultado negativo contra o Atlético. É uma carga pesada. E tivemos apenas três dias de preparo para jogar contra um time de grande porte. Quero dedicar a vitória a todos os jogadores. Nós ficamos decepcionados, mas do lado de fora. Eles ficam do lado de dentro e têm que se recuperar. Então eu dedico aos jogadores que participaram da partida e aos torcedores que vieram torcer pelo Santos. Eu acho que depois de uma derrota, nós devíamos encher o estádio. Colocar o estádio para cima. O maior valor foi a recuperação psicológica. O poder de fogo deles foi impressionante, eu gostei muito de ver?, disse Levir em entrevista coletiva após a partida deste sábado.

Com o triunfo, o alvinegro chegou aos 44 pontos, ultrapassando Grêmio, com 43, e diminuindo a diferença para o líder Corinthians, que tem 53. Os dois rivais, porém, jogam neste domingo. Na próxima rodada, o Peixe visita o Palmeiras, no sábado que vem, às 19h (de Brasília), em São Paulo.

?O próximo adversário é simplesmente o Palmeiras. Imagine se tivéssemos perdido hoje. A repercussão que seria. Por isso eu quero agradecer as pessoas que vieram torcer por nós. Eles (Atlético-PR) tiveram uma semana, enquanto nós três dias. Eu penso que podemos fazer um bom jogo pelo Palmeiras também. Nós traçamos uma meta. Faltam 13 jogos. Nós tivemos 16 jogos sem perder. Nós queremos completar a temporada sem perder. Passou. Você desliga o fator ?Libertadores? e liga outro. Só nos restou o Brasileiro. A parte psicológica é envolver todos nessa situação e é a parte mais difícil do futebol?, concluiu Levir.

Gazeta Esportiva

TAGS