Participamos do

Palmeiras derrota o Guarani no Allianz Parque antes de sequência de clássicos

Porco venceu por 2 a 0, gols de Gustavo Scarpa, de pênalti, e Wesley
19:06 | Mar. 06, 2022
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

No jogo seguinte à conquista da Recopa Sul-Americana, o Palmeiras venceu o Guarani por 2 a 0, no Allianz Parque, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Paulista. Os gols do triunfo foram anotados por Gustavo Scarpa, de pênalti, e Wesley.

Como o Verdão terá três clássicos em sequência pela frente (São Paulo, Santos e Corinthians), Abel Ferreira mandou a campo um time bastante alternativo. Weverton, Gustavo Gómez e Scarpa foram os únicos titulares que começaram jogando.

O primeiro tempo foi dominado territorialmente pelo Palmeiras, mas o Bugre ofereceu resistência nos últimos metros do campo. Os mandantes tinham a posse de bola, mas encontraram dificuldade para finalizar as jogadas. Nos acréscimos, Mayke foi acertado na cabeça dentro da área, e o árbitro assinalou pênalti após consultar o VAR. Sem Raphael Veiga em campo, Scarpa foi para a bola e converteu a cobrança.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A segunda etapa foi mais equilibrada, e Weverton foi obrigado a fazer duas boas defesas para ajudar o Verdão. O Palmeiras também criou, principalmente após a entrada de Dudu, que trouxe dinâmica ao lado direito do time. Aos 35, Rodrigo Andrade foi expulso ao agredir Mayke no gramado, deixando o Guarani com um a menos. Nos acréscimos, Wesley ampliou para o Verdão, contando com desvio após chute de fora da área.

Tabela e próximos compromissos
Com o resultado, o Palmeiras foi aos 20 pontos, na liderança do grupo C. Na próxima quinta, o time disputa o clássico atrasado contra o São Paulo, no Morumbi, às 20h30. Enquanto isso, o Guarani estacionou nos dez pontos, na terceira posição da chave A. A equipe entra em campo pela Copa do Brasil na quarta, contra o Vila Nova, no Brinco de Ouro, às 15h.

Primeiro tempo
O Palmeiras iniciou a partida dominando as ações ofensivas, mas encontrando dificuldade para finalizar a gol. O time levou perigo em dois cruzamentos, porém não concluiu nenhum deles. Em arremate de fora da área de Scarpa, a bola desviou na defesa e saiu um pouco acima do travessão.

Em bela jogada trabalhada pela direita, Atuesta cruzou rasteiro para Rafael Navarro, e o zagueiro bugrino interviu com precisão para evitar o gol. Em seguida, Jailson foi desarmado na entrada da área, com o Guarani tendo grande chance de abrir o placar. No entanto, Kuscevic apareceu para bloquear a finalização de Maxwell e salvar o Verdão.

Em belo pivô de Rafael Navarro, Giovani invadiu a área pela direita e finalizou cruzado, com perigo. Na sequência, Lucão desviou de cabeça para Júlio César que chutou de esquerda e acertou a rede pelo lado de fora.

Aos 44 minutos, Maxwell acertou o rosto de Mayke dentro da área. O árbitro não marcou o pênalti logo de cara, mas foi à cabine do VAR e assinalou a infração. Na cobrança, Scarpa mandou no ângulo direito, em um belo chute.

Segundo tempo
No retorno do intervalo, Veron foi acionado pela esquerda e cruzou rasteiro em direção a Navarro. Ronaldo Alves tocou contra a própria meta, e Kozlinski foi obrigado a intervir para evitar o gol. O Guarani respondeu com Júlio César, que testou firme após cruzamento de Mawell pela esquerda. Weverton voou e fez grande defesa.

Dudu, que saiu do banco de reservas, fez fila pela direita e quase marcou um golaço, parando em defesa do goleiro. No rebote, Rafael Navarro viu seu chute ser desviado, perdendo ótima chance. O Guarani chegou de novo, e dessa vez Weverton caiu para defender com o pé finalização de Nicolas Careca. Na sequência, Wesley perdeu um gol inacreditável após passe de Dudu, mas o lance já estava paralisado por impedimento.

Aos 35 minutos, Rodrigo Andrade foi expulso por agredir Mayke no gramado, deixando o Guarani com um a menos. Em finalização de fora da área, Jailson pegou forte na bola e obrigou Kozlinski a trabalhar. Logo em seguida, Wesley bateu escanteio pela esquerda, e Jailson desviou de cabeça no pé da trave.

Aos 48 minutos, Wesley trouxe da esquerda para dentro e finalizou de fora da área. A bola desviou em um defensor e morreu no canto direito, dando números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 0 GUARANI

Data: 06 de março de 2022, domingo
Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Público: 23.916
Renda: R$ 1.141.282,96
Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Fabiano Monteiro dos Santos
Assistentes: Alex Alexandrino e Gustavo Rodrigues de Oliveira
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Cartões amarelos: Abel Ferreira, Jorge, Gustavo Scarpa (Palmeiras); Maxwell (Guarani)
Cartão vermelho: Rodrigo Andrade (Guarani)

GOLS:
Palmeiras: Gustavo Scarpa (49 minutos do 1º tempo) e Wesley (48 minutos do 2º tempo)

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Kuscevic e Jorge (Piquerez); Jailson, Atuesta (Danilo) e Gustavo Scarpa (Wesley); Gabriel Veron (Raphael Veiga), Giovani (Dudu) e Rafael Navarro.
Técnico: Abel Ferreira

GUARANI: Mauricio Kozlinski; Mateus Ludke, Ronaldo Alves, Derlan, Eliel (Rodrigo Andrade); Bruno Silva, Índio e Giovanni Augusto (Lucas Venuto); Maxwell (Nicolas Careca), Lucão e Júlio César (Vitinho).
Técnico: Daniel Paulista

 

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags