PUBLICIDADE
Esportes

Santista B. Covas recebe rivais por combate à violência contra a mulher

O prefeito Bruno Covas, torcedor do Santos, recebeu Andrés Sanchez (Corinthians), Carlos Augusto de Barros e Silva (São Paulo) e Paulo Buosi (Palmeiras) na tarde desta quinta-feira. Na sede da prefeitura paulistana, os representantes dos clubes assinaram um acordo de cooperação para ampliar o alcance do programa ?Tem Saída?. Lançado no ano passado, o projeto [?]

16:45 | 17/01/2019

O prefeito Bruno Covas, torcedor do Santos, recebeu Andrés Sanchez (Corinthians), Carlos Augusto de Barros e Silva (São Paulo) e Paulo Buosi (Palmeiras) na tarde desta quinta-feira. Na sede da prefeitura paulistana, os representantes dos clubes assinaram um acordo de cooperação para ampliar o alcance do programa ?Tem Saída?.

Lançado no ano passado, o projeto tem como objetivo oferecer autonomia financeira, por meio da geração de empregos, às mulheres que são vítimas de violência doméstica. Assim, elas teriam a possibilidade de não depender economicamente dos agressores.

?No país do futebol, nada tem mais credibilidade com o torcedor do que o seu clube. Quando Corinthians, São Paulo e Palmeiras falam, falam com credibilidade a corintianos, são-paulinos e palmeirenses. Mas, quando os três falam juntos, falam com credibilidade para toda a população e isso faz toda a diferença?, disse Covas.

Entre as ações planejadas pelos clubes e órgãos municipais estão a divulgação de um manifesto conjunto publicado na Internet e a exposição de informações referentes à violência contra a mulher. Os times prometem ainda disponibilizar vagas de emprego para participantes do programa.

As mulheres da capital paulista que denunciam seus agressores no sistema judiciário e informam que precisam de um emprego entram no Tem Saída. Encaminhadas ao Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo, são atendidas com prioridade para uma entrevista de trabalho em uma das empresas parceiras do projeto.

Ao encerrar seu discurso, Bruno Covas lembrou o time de coração e arrancou risos da plateia. ?O sucesso do programa vai se dar graças a adesão do Corinthians, do São Paulo e do Palmeiras, mas precisou de um santista para fazer isso?, declarou o prefeito, nascido na cidade litorânea.

Gazeta Esportiva

TAGS