Turra lembra títulos na China e no Brasil para reverenciar FelipãoSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Turra lembra títulos na China e no Brasil para reverenciar Felipão

Na condição de auxiliar técnico, Paulo Turra formou uma parceria de sucesso com Luiz Felipe Scolari no Palmeiras rumo ao título do Campeonato Brasileiro. Por meio de seus perfis em redes sociais, o fiel escudeiro reverenciou o experiente ex-treinador da Seleção. ?Me sinto orgulhoso e honrado em poder trabalhar ao lado do mestre Luiz Felipe [?]

15:15 | 27/12/2018

Na condição de auxiliar técnico, Paulo Turra formou uma parceria de sucesso com Luiz Felipe Scolari no Palmeiras rumo ao título do Campeonato Brasileiro. Por meio de seus perfis em redes sociais, o fiel escudeiro reverenciou o experiente ex-treinador da Seleção.

?Me sinto orgulhoso e honrado em poder trabalhar ao lado do mestre Luiz Felipe Scolari. Em 2017, o professor foi considerado o melhor treinador da Liga Chinesa e heptacampeão e, em 2018, o melhor treinador do Campeonato Brasileiro e decacampeão! Aprendizado e gratidão eterna?, escreveu o auxiliar.

Turra passou a integrar a comissão técnica de Felipão no chinês Guangzhou Evergrande. Como Flávio ?Murtosa? Teixeira decidiu não seguir ao Palmeiras para resolver problemas particulares, o ex-zagueiro de 45 anos assumiu o posto de fiel escudeiro.

Paulo Turra contribuiu para melhorar a zaga palmeirense, um dos pilares na campanha que culminou com o título do Campeonato Brasileiro. Homem de confiança de Felipão, o ex-defensor costuma instruir os atletas do banco de reservas até mesmo durante as partidas.

O auxiliar chegou a comandar o Palmeiras em dois jogos. Na abertura das quartas de final da Copa do Brasil, antes da chegada de Felipão, ele atuou no empate sem gols diante do Bahia. Pela 25ª rodada do Brasileiro, com o técnico suspenso, dirigiu o time no 1 a 1 contra o mesmo adversário.

Em 2019, a comissão técnica terá, pelo menos, cinco novos jogadores para treinar. O Palmeiras já anunciou o volante Matheus Fernandes (Botafogo), o meia Zé Rafael (Bahia) e os atacantes Arthur Cabral (Ceará), Carlos Eduardo (Pyramids) e Felipe Pires (Hoffenheim).

Gazeta Esportiva

TAGS