Rogério Ceni se vê preparado e revela se treinaria Corinthians e PalmeirasSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Rogério Ceni se vê preparado e revela se treinaria Corinthians e Palmeiras

Sob o comando de Rogério Ceni, o Fortaleza foi vice-campeão estadual e conquistou o título do Campeonato Brasileiro Série B com três rodadas de antecedência. Com o ótimo desempenho no Tricolor do Pici, o treinador passou a ser especulado em times da primeira divisão nacional. Quando perguntado se treinaria um rival do São Paulo, o [?]

19:45 | 14/11/2018

Sob o comando de Rogério Ceni, o Fortaleza foi vice-campeão estadual e conquistou o título do Campeonato Brasileiro Série B com três rodadas de antecedência. Com o ótimo desempenho no Tricolor do Pici, o treinador passou a ser especulado em times da primeira divisão nacional.

Quando perguntado se treinaria um rival do São Paulo, o ex-goleiro pregou respeito a Corinthians e Palmeiras, inclusive, destacou o acolhimento do clube alviverde em uma recente visita ao CT, mas afirmou que é necessário respeitar a história construída com as cores do Tricolor Paulista.

?Me sinto preparado para trabalhar com o futebol. Aí você não escolhe a série, o time. Você tem que trabalhar onde as pessoas querem que você vá. Acho que o Corinthians não me contrataria. Existe essa rivalidade Corinthians e Palmeiras. Estive no Palmeiras e fui muito bem tratado. Felipão me esperou, me deu um abraço, conversou comigo?, declarou o ex-atleta ao Fox Sports.

?Tenho o maior respeito ao Corinthians e Palmeiras. Existe uma história muito grande com o São Paulo. Nesse momento, é preciso respeitar esse tempo e essa história?, completou o treinador.

Rogério Ceni iniciou a carreira de treinador no próprio São Paulo, no começo de 2017, mas os maus resultados no Campeonato Brasileiro levaram a diretoria tricolor a demiti-lo em julho do mesmo ano. No comando do clube do Morumbi, obteve 14 vitórias, 13 derrotas e 10 empates, números que resultaram em um aproveitamento de 49,5%.

Em novembro do último ano, assumiu o comando do Fortaleza, onde levantou o caneco de campeão brasileiro da Série B. Pelo Tricolor do Pici, o ex-goleiro soma 54 jogos, com 32 vitórias, nove empates e 13 derrotas, alcançando um aproveitamento de quase 65%.

 

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS