Ex-goleiro do Palmeiras destaca Felipão e confiança para vencer o BrasileiroSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Ex-goleiro do Palmeiras destaca Felipão e confiança para vencer o Brasileiro

Mesmo fora do Palmeiras desde 2015, Bruno Cortez Cardoso, mais conhecido apenas como Bruno, não deixa de acompanhar o clube que o revelou para o futebol e deu grandes alegrias. Titular do verdão na campanha que culminou na conquista da Copa do Brasil 2012, o goleiro concedeu entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva e falou sobre [?]

08:15 | 02/11/2018

Mesmo fora do Palmeiras desde 2015, Bruno Cortez Cardoso, mais conhecido apenas como Bruno, não deixa de acompanhar o clube que o revelou para o futebol e deu grandes alegrias. Titular do verdão na campanha que culminou na conquista da Copa do Brasil 2012, o goleiro concedeu entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva e falou sobre o momento da equipe alviverde, destacando a união do grupo após a chegada do técnico Luiz Felipe Scolari.

?O Palmeiras hoje tem, para mim, o melhor time e elenco do Brasil. O clube se reestruturou dentro e fora de campo e fico impressionado com o CT atual, se equivale a clubes europeus de primeiro mundo. Eu acredito muito no título brasileiro, a chegada do Felipão foi fundamental para que a auto estima voltasse. Ele tem o respeito dos jogadores, tem o controle do vestiário, e isso é mais do que importante para que as conquistas venham. O Palmeiras tem tudo para ser o campeão brasileiro de 2018. Tem que ter confiança e seguir em frente?, afirmou o arqueiro.

Revelado pelo clube alviverde em 2006, Bruno começou sua carreira no futebol vendo o ídolo Marcos tomar conta da posição e, aos poucos, foi ganhado espaço como titular. Em 2012, teve seu ápice na carreira, ao ser peça-chave para que o Verdão conseguisse vencer a Copa do Brasil, quando venceu o Coritiba na grande decisão da competição nacional.

Para ele, o time paulista fez uma ótima decisão de deixar os três goleiros no elenco da equipe. Na sua opinião, o Palmeiras está muito bem servido e destacou que, para um clube ser campeão, precisa estar muito seguro nesta posição de campo.

?Muitos times no Brasil e no mundo sofrem por não ter um goleiro seguro. O Palmeiras não passa por isso. Os três goleiros do time são de altíssimo nível e tenho o prazer de falar que tenho uma amizade forte com todos eles ( (jogou junto com Weverton na Portuguesa, conhece Fernando Prass da época de Palmeiras e conversava muito com o Jaílson na época de Palmeiras B). O Oscar está fazendo um ótimo trabalho como treinador de goleiro e ele pode ?fechar o olho? e escolher qualquer um?, destacou Bruno.

Por fim, o jogador de 34 anos destacou quais são seus planos para o presente e, principalmente, para os anos futuros. Além de ressaltar que não se arrepende de ter deixado o país (apesar de ter afirmado que poderia ter jogado mais alguns anos no Brasil), Bruno aproveitou para falar que cogita trabalhar até mesmo sem as luvas.

?Recebi algumas propostas para voltar ao Brasil, no ano passado e no começo desse ano, mas nada que me chamasse muita atenção, que me interessasse. Eu optei por ficar nos Estados Unidos pensando na minha família, nos meus filhos, e foi uma decisão que não me arrependo. Para eu retornar ao Brasil, precisa ser algo que me motive muito. Quero estudar, penso em fazer curso de gestão esportiva, talvez ser treinador de goleiros. Não vou falar nunca, que não voltarei, mas estou pensando bastante antes de tomar minhas próximas decisões?, ressaltou o ex-jogador do Palmeiras.

* Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

TAGS