Bruno Henrique ignora arbitragem e pede jogo ?frio? ao PalmeirasSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Bruno Henrique ignora arbitragem e pede jogo ?frio? ao Palmeiras

Nesta terça-feira, em entrevista coletiva concedida em Buenos Aires, palco da primeira decisão de semifinal da Libertadores, o meia palmeirense Bruno Henrique declarou que os jogadores da equipe brasileira devem entrar em campo sem se preocupar com a arbitragem. O Boca Juniors, adversário desta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília) em La Bombonera, viu o [?]

16:15 | 23/10/2018

Nesta terça-feira, em entrevista coletiva concedida em Buenos Aires, palco da primeira decisão de semifinal da Libertadores, o meia palmeirense Bruno Henrique declarou que os jogadores da equipe brasileira devem entrar em campo sem se preocupar com a arbitragem.

O Boca Juniors, adversário desta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília) em La Bombonera, viu o VAR (árbitro de vídeo) ser o grande protagonista da partida contra o Cruzeiro, pelas quartas de final, quando o juiz do confronto utilizou o recurso para expulsar o brasileiro Dedé, beneficiando os argentinos.

?Nós não podemos tirar o pé nem pensar que o VAR possa nos prejudicar ou prejudicar até mesmo o Boca. Nós jogadores temos que nos concentrar somente em jogar. Essa questão de VAR e arbitragem, nos bastidores, a diretoria já está falando. Os jogadores estão 100% focados no jogo e esperando que o árbitro possa fazer uma grande partida?, revelou.

No atendimento à imprensa, Bruno Henrique também fez um pedido aos seus companheiros de equipe. O meia ?cobrou? postura parecida das outras partidas do Verdão pela competição internacional e ressaltou a necessidade dos comandados de Felipão executarem um plano de jogo ?frio?.

?A postura tem que ser a mesma que a gente vem tendo nos jogos, principalmente na Libertadores. Temos que fazer um jogo frio, entrar muito motivados e sabendo que é difícil jogar aqui, mas também sabendo das nossas qualidades. Temos que fazer um jogo muito intenso, principalmente na marcação. Na frente, temos jogadores rápidos e de grande qualidade, que podem definir o jogo para a gente?, afirmou, antes de aproveitar a ocasião para exaltar o trabalho realizado pelo técnico Felipão.

?O trabalho que o Felipão vem desempenhando conosco e o que ele vem pedindo para nós, principalmente nos jogos fora de casa, que são fundamentais, nos dão uma condição melhor de disputar a segunda partida em casa. Como eu disse antes, temos que entrar motivados, pensando somente em jogar bola?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS