Invicto, Felipão tem índice de 86% pela Libertadores no PalestraSociedade Esportiva Palmeiras | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Invicto, Felipão tem índice de 86% pela Libertadores no Palestra

O confronto com o Cerro Porteño, previsto para as 21h45 (de Brasília) desta quinta-feira, marca o primeiro jogo de Luiz Felipe Scolari como mandante pelo Palmeiras na Copa Libertadores em sua terceira passagem pelo clube. O técnico construiu um retrospecto animador pelo torneio continental jogando no Palestra Itália. Ainda em sua primeira passagem pelo Palmeiras, [?]

09:15 | 30/08/2018

O confronto com o Cerro Porteño, previsto para as 21h45 (de Brasília) desta quinta-feira, marca o primeiro jogo de Luiz Felipe Scolari como mandante pelo Palmeiras na Copa Libertadores em sua terceira passagem pelo clube. O técnico construiu um retrospecto animador pelo torneio continental jogando no Palestra Itália.

Ainda em sua primeira passagem pelo Palmeiras, Felipão enfileirou oito vitórias e dois empates no antigo estádio, o que perfaz um aproveitamento de pontos de 86,7%. Sob o comando do treinador, o time alviverde marcou 26 gols e sofreu oito no tempo normal.

O treinador viu seu time ganhar as duas decisões por pênaltis disputadas no Palestra Itália pela Copa Libertadores. Na final da edição de 1999, o Palmeiras bateu o Deportivo Cali por 4 a 3. Nas oitavas de 2000, a equipe alviverde ganhou do Peñarol por 3 a 2.

A última partida de Luiz Felipe Scolari como técnico do Palmeiras pela Copa Libertadores no Palestra Itália foi disputada no dia 25 de maio de 2000. Pelas quartas de final, com gols de Rogério, Marcelo Ramos e Taddei, o time da casa ganhou do mexicano Atlas por 3 a 2.

Algoz do Cerro Porteño na fase de grupos da edição de 1999, Felipão reencontra o time paraguaio com uma vantagem confortável no Allianz Parque. Como ganhou por 2 a 0 em Assunção, o Palmeiras avança às quartas de final mesmo em caso de derrota por um gol de diferença.

A tendência é que o experiente treinador gaúcho entre em campo para enfrentar o Cerro Porteño com a seguinte escalação: Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés; Willian, Dudu e Borja.

Confira o retrospecto de Felipão pela Libertadores no estádio:

Copa Libertadores 1999

Palmeiras 1 x 1 Olímpia (fase de grupos)

Palmeiras 2 x 1 Cerro Porteño (fase de grupos)

Palmeiras 1 x 1 Vasco da Gama (oitavas de final)

Palmeiras 3 x 0 River Plate (semifinal)

Palmeiras 2 (4) x (3) 1 Deportivo Cali (final)

Copa Libertadores 2000

Palmeiras 4 x 0 The Strongest (fase de grupos)

Palmeiras 3 x 0 Juventude (fase de grupos)

Palmeiras 4 x 1 El Nacional (fase de grupos)

Palmeiras 3 (3) x (2) 1 Peñarol (oitavas de final)

Palmeiras 3 x 2 Atlas (quartas de final)

Gazeta Esportiva

TAGS