PUBLICIDADE
Esportes

De volta, Dudu se diz satisfeito no Palmeiras após ?não? a clube chinês

O atacante Dudu disputou sua primeira partida pelo Palmeiras desde o ?não? ao Shandong Luneng na tarde deste domingo. Escalado como titular na vitória sobre o Atlético-MG, o camisa 7 se disse satisfeito no Palmeiras, apesar da recusa à oferta financeiramente vantajosa do clube chinês. ?Nunca estive triste no Palmeiras. Desde o primeiro dia, estou [?]

20:00 | 22/07/2018

O atacante Dudu disputou sua primeira partida pelo Palmeiras desde o ?não? ao Shandong Luneng na tarde deste domingo. Escalado como titular na vitória sobre o Atlético-MG, o camisa 7 se disse satisfeito no Palmeiras, apesar da recusa à oferta financeiramente vantajosa do clube chinês.

?Nunca estive triste no Palmeiras. Desde o primeiro dia, estou feliz e alegre para defender essa camisa. Foi uma proposta que poderia fazer a minha vida e a da minha família. Mas tenho um contrato muito bom com o Palmeiras e vou estar sempre feliz em defender esse clube?, declarou o atleta, vinculado até o fim de 2022.

Assediado por alguns clubes nos últimos anos, Dudu ficou balançado com a oferta apresentada pelo Shandong Luneng, que estava disposto a pagar aproximadamente 15 milhões de euros (R$ 66 milhões) pelos serviços do camisa 7. Por meio de uma publicação em rede social, ele recentemente deu a entender que estava decepcionado com a permanência.

?É claro que tive uma boa proposta. Quando estamos começando, pensamos em ganhar dinheiro, ajudar a família e ter uma vida boa. Tenho uma vida boa aqui, um contrato bom com o Palmeiras, mas era uma coisa que poderia fazer a minha vida. Se fosse qualquer outra pessoa, pensaria como eu estava pensando?, justificou.

Em seu reencontro com a torcida palmeirense, Dudu teve o nome aplaudido durante o anúncio da escalação pelo sistema de som da arena antes da partida e no momento em que foi substituído por Jean. De acordo com o camisa 7, a situação foi tranquila no Allianz Parque.

?É sempre uma honra estar aqui no estádio, jogando e defendendo o Palmeiras. Vitória difícil, contra um time difícil. De novo, estávamos na frente do placar e deixamos empatar. Vamos trabalhar para não dar essas bobeiras mais?, declarou o atacante palestrino.

Gazeta Esportiva

TAGS