PUBLICIDADE
Esportes

Rosenberg promete hospitalidade a rival: ?Nem vamos falar de mimimi?

Adepto das brincadeiras com os rivais do Corinthians, o diretor de marketing Luis Paulo Rosenberg usou o bom humor para projetar o reencontro com o Palmeiras após a conquista do título paulista no Allianz Parque. Os rivais medirão forças em Itaquera no domingo de 13 de maio, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. ?Receber o [?]

19:15 | 03/05/2018

Adepto das brincadeiras com os rivais do Corinthians, o diretor de marketing Luis Paulo Rosenberg usou o bom humor para projetar o reencontro com o Palmeiras após a conquista do título paulista no Allianz Parque. Os rivais medirão forças em Itaquera no domingo de 13 de maio, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

?Receber o Palmeiras depois daquela vitória será algo que faremos com muita hospitalidade, fraternidade. Nem vamos falar de mimimi?, sorriu Rosenberg, que já tinha mostrado o seu lado provocador desde o retorno à diretoria de marketing do Corinthians. Em fevereiro, ele afirmou que o Allianz Parque ?parece uma baleia no aquário?.

Quando citou o ?mimimi?, Rosenberg havia sido questionado sobre as ações que estaria preparando para o próximo Derby. No último, o Palmeiras se revoltou porque o árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza marcou e desmarcou um pênalti do volante Ralf sobre o Dudu e prometeu ir às últimas consequências na tentativa de anular a partida. Com uma vitória por 1 a 0, o Corinthians derrotou o rival também nas penalidades e conquistou o Estadual.

?Está tudo fresco na memória ainda. Enfatizo muito que o Corinthians gosta de brincar. Acho as provocações entre as torcidas muito sadias, servindo para aliviar a pressão por violência. Só que não tenham dúvidas de que o Corinthians possui o maior respeito pelos grandes e pelos pequenos adversários?, ressalvou Rosenberg.

Por enquanto, o diretor de marketing trabalha em um projeto já para o próximo compromisso do Corinthians, na manhã de domingo, contra o Ceará, em Itaquera. ?Vamos prestar uma homenagem aos refugiados, trazendo crianças sírias para fazer uma bela festa. Queremos mostrar que, enquanto os refugiados são expulsos e tratados como trambolhos em outros países, damos uma carteira de trabalho e os abraçamos aqui?, discursou Luis Paulo Rosenberg.

Gazeta Esportiva

TAGS