PUBLICIDADE
Esportes

Após críticas a Dudu na Argentina, Dracena pede apoio da torcida

O atacante Dudu foi hostilizado por um grupo de cerca de 20 indivíduos na chegada do Palmeiras ao hotel que abriga a delegação em Buenos Aires, durante a madrugada de terça-feira. Horas depois, na véspera do jogo contra o Boca Juniors, o zagueiro Edu Dracena pediu ao apoio dos torcedores alviverdes. ?Ninguém está satisfeito com [?]

14:30 | 24/04/2018

O atacante Dudu foi hostilizado por um grupo de cerca de 20 indivíduos na chegada do Palmeiras ao hotel que abriga a delegação em Buenos Aires, durante a madrugada de terça-feira. Horas depois, na véspera do jogo contra o Boca Juniors, o zagueiro Edu Dracena pediu ao apoio dos torcedores alviverdes.

?Ninguém está satisfeito com o que apresentamos. Ao mesmo tempo, estamos tranquilos, porque sabemos que temos a confiança dos torcedores. Precisamos deles ao nosso lado para enfrentar os obstáculos na Libertadores e no Brasileiro. Sem eles, não conseguiremos chegar a lugar algum?, afirmou Dracena.

Criticado por meio de suas redes sociais ao longo da última semana, Dudu ficou irritado e não comemorou o gol da vitória sobre o Internacional, marcado no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Após a partida disputada no Pacaembu, reclamou do imediatismo de parte do público.

?Estamos tranquilos em relação aos torcedores?, amenizou Dracena. ?Em todos os jogos, temos mais de 30 mil pessoas no nosso estádio. Sabemos que eles estão junto conosco. Também estamos insatisfeitos pela derrota no Paulista e temos que melhorar cada vez mais?, completou.

Às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, em La Bombonera, o Palmeiras entra em campo para enfrentar o Boca Juniors, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Os torcedores alviverdes esgotaram os ingressos destinados aos visitantes.

?Peço que os torcedores estejam ao nosso lado, como já estiveram em muitos momentos difíceis que passamos?, afirmou Dracena. ?As pessoas que cobram sabem o quanto podemos render. Sabemos a responsabilidade que temos como representantes de milhões de torcedores?, disse o zagueiro.

Gazeta Esportiva

TAGS