PUBLICIDADE
Esportes

Borja já fez metade dos gols de 2017 e ainda alcançou marca inédita no Palmeiras

Ninguém pode negar que Miguel Borja é outro em relação a 2017. Em sua primeira temporada no Palmeiras, o colombiano marcou apenas dez gols, sendo quatro no Campeonato Paulista. Já neste ano, com os dois tentos diante do Linense, alcançou cinco bolas na rede. Em termos de data, o quinto gol de Borja no ano [?]

09:15 | 16/02/2018

Ninguém pode negar que Miguel Borja é outro em relação a 2017. Em sua primeira temporada no Palmeiras, o colombiano marcou apenas dez gols, sendo quatro no Campeonato Paulista. Já neste ano, com os dois tentos diante do Linense, alcançou cinco bolas na rede.

Em termos de data, o quinto gol de Borja no ano passado aconteceu apenas no dia 14 de maio. Em 2018, portanto, a marca foi alcançada com quase três meses de antecedência. Além disso, os dois gols de quinta-feira deram ao camisa 9 sua primeira sequência de três duelos consecutivos balançando as redes.

Já as exigências para ?Miguel?, como é chamado por Roger Machado, são as mesmas desde que chegou ao clube. Com Eduardo Baptista, Alberto Valentim e principalmente Cuca, o centroavante sempre ouviu que precisa participar das fases defensivas do jogo da equipe. Após um ano de clube e uma pré-temporada ao lados dos companheiros, ele parece ter finalmente entendido o recado.

?O Borja está começando o ano com o pé direito. No último jogo, em que ele também foi decisivo fazendo gol, ele teve um deslocamento muito grande pelo campo inteiro. Mencionei para o Borja que vou cobrá-lo a partir desse dado. É o dia a dia, o convencimento do atleta do que ele pode fazer, como estruturamos o time, a motivação? É a confiança?, elogiou o técnico Roger Machado.

Em relação a Borja, o treinador do Palmeiras estabeleceu como principal objetivo o resgate da confiança do atleta. A política adotada pelo comandante, e que também vale para os demais atletas, é não sacar o jogador da equipe titular apenas por uma partida ruim.

?Mencionei também na palestra que o gol que ele fez contra o Mirassol mostra que a confiança dele está de volta. Os ângulos estavam fechados e ele jogou a bola embaixo das pernas do goleiro. É treinar o jogo para jogar o treino. A virtude do Miguel são essas pequenas diagonais em velocidade, porque ele tem boa finalização?, completou.

Com o empate diate do Linense, o Palmeiras chegou a 19 pontos em 21 possíveis. Lidera o Gupo C com folga ? tem nove pontos a mais do que o São Bento. Já o Linense, com cinco pontos, ainda é sério candidato ao rebaixamento ? só o São Caetano, com quatro, tem campanha pior. Na próxima rodada, o Palmeiras encara a Ponte Preta, domingo, em Campinas, às 19h30. Já o Linense recebe o Novorizontino na segunda-feira, às 20h.

Gazeta Esportiva

TAGS