PUBLICIDADE
Esportes

Borja é ?blindado? por Roger em início de ano no Palmeiras

Roger Machado já comandou o Palmeiras em quatro oportunidades e, após os quatro triunfos, Miguel Borja foi assunto em todas suas entrevistas coletivas. Criticado pela torcida, o colombiano foi defendido pelo treinador desde o início da temporada. Em 2018, o camisa 9 do Verdão foi titular nos quatro duelos disputados, mas acabou substituído em três. [?]

11:15 | 29/01/2018

Roger Machado já comandou o Palmeiras em quatro oportunidades e, após os quatro triunfos, Miguel Borja foi assunto em todas suas entrevistas coletivas. Criticado pela torcida, o colombiano foi defendido pelo treinador desde o início da temporada.

Em 2018, o camisa 9 do Verdão foi titular nos quatro duelos disputados, mas acabou substituído em três. Contra o Botafogo-SP, anotou seu único gol da temporada, que foi comemorado por Roger.

O atual treinador alviverde parece compreensivo com as chances perdidas pelo centroavante neste início de ano, e otimista com seu futebol, sempre afirmando que o ano passado ? primeiro do colombiano no Verdão ? foi apenas ?adaptação?. No domingo, contra o Bragantino, Borja perdeu uma chance clara de gol no primeiro tempo. Na etapa final, foi substituído por Keno, que abriu o placar dois minutos depois.

?Quando a gente não cria que é o problema. O Borja teve duas ou três oportunidades de converter em gol porque também gerou essa possibilidade para ele, com suas virtudes em diagonais. Além disso, segurou a bola muitas vezes. Esse momento de começo de temporada a perna está um pouco mais pesada. Ele iniciou todos os quatro jogos, foi substituído em alguns. Que bom que os que entram estão bem, dá um leque de opções para poder mudar a equipe se desejar?, afirmou o treinador.

Assim como ocorreu com Eduardo Baptista, Cuca e Alberto Valentim, porém, Roger cobra que o atacante participe dos momentos defensivos da equipe. Com Cuca, isso foi até motivo para que Borja perdesse a condição de titular para Deyverson.

No momento, Deyverson está contundido, e parte da torcida alviverde defende que Willian seja o titular da equipe no comando do ataque. Se Roger Machado optasse por ter o Bigode como centroavante, abriria uma vaga no meio-campo para ter Gustavo Scarpa ou mesmo Keno.

Esta semana será a primeira livre para os palmeirenses treinarem desde o início do Campeonato Paulista. O Verdão volta a campo somente no domingo, quando recebe o Santos na arena, às 17h (de Brasília). Já o Bragantino enfrenta o Red Bull em Campinas, no sábado, às 19h.

O Palmeiras ampliou sua vantagem na liderança do Grupo C do Paulistão. Agora com 12 pontos, o time de Roger Macado tem cinco de vantagem para o São Bento, que perdeu em casa contra a Ponte Preta. A diferença é a mesma para o Novorizontino, que no sábado venceu o São Caetano. A Ferroviária é a lanterna da chave, com dois pontos, mas entra em campo somente na segunda-feira.

Gazeta Esportiva

TAGS