PUBLICIDADE
Esportes

Satisfeito com próprio desempenho, Dracena mira títulos em 2018

Campeão com diferentes camisas ao longo da carreira, Edu Dracena viu o Palmeiras passar em branco nesta temporada. No aspecto individual, porém, o experiente zagueiro de 36 anos de idade encerrará o ano satisfeito com o desempenho apresentado em campo. Sem lesões graves, Dracena acumula um total de 47 partidas pelo Palmeiras em 2017, 20 [?]

09:00 | 26/11/2017

Campeão com diferentes camisas ao longo da carreira, Edu Dracena viu o Palmeiras passar em branco nesta temporada. No aspecto individual, porém, o experiente zagueiro de 36 anos de idade encerrará o ano satisfeito com o desempenho apresentado em campo.

Sem lesões graves, Dracena acumula um total de 47 partidas pelo Palmeiras em 2017, 20 a mais do que no ano passado. Experiente, ele se manteve em alta mesmo concorrendo com atletas mais jovens e com potencial, casos de Vitor Hugo, comprado pela Fiorentina, e Luan, campeão olímpico com a Seleção em 2016.

?É claro que prezo pelo grupo e gostaria de pelo menos um título, mas, individualmente, me senti muito bem. Eu me preparei desde o começo com um trabalho diferente de 2016, fazendo fortalecimento nas duas primeiras semanas de pré-temporada. Isso ajudou muito a evitar lesões?, explicou, grato aos profissionais palmeirenses.

?É fruto do trabalho da fisiologia e também da comissão técnica, que entendeu que um jogador com certa idade não pode fazer o mesmo trabalho que um garoto de 24 anos. Precisa direcionar e individualizar. A pré-temporada planejada pelo departamento médico foi muito boa?, afirmou Dracena.

Campeão por clubes como Cruzeiro, Santos, Corinthians e Palmeiras, o ex-integrante da Seleção Brasileira está acostumado a conquistar títulos. Apesar do ano em branco pelo time alviverde, ele rejeitou o termo ?frustrante? para classificar a temporada no aspecto coletivo e projetou 2018.

?O mais importante é acreditar no trabalho. Infelizmente, nesse ano não pudemos ganhar, mas temos novas chances no ano que vem. Sempre que falo que, para deixar sua marca no clube, precisa ganhar títulos. Vamos tirar lições para compensar em 2018 com dois ou três títulos?, afirmou.

Às 20 horas (de Brasília) desta segunda-feira, o Palmeiras entra em campo para enfrentar o Botafogo, no Estádio Palestra Itália, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Recuperado de pancada sofrida contra o Sport, Dracena deve formar o miolo da defesa com Yerry Mina.

Gazeta Esportiva

TAGS