PUBLICIDADE
Esportes

Recuperado de lesão, Jailson celebra retorno ao Palmeiras

Após mais de dois meses afastado, Jailson voltou a ser relacionado pelo Palmeiras no último domingo, quando ficou no banco de reservas na vitória sobre o Grêmio. Recuperado de lesão, o goleiro comemorou seu retorno ao elenco. ?É muito bom e importante estar de volta com o grupo. Voltar a sentir esse clima de jogo, [?]

19:15 | 23/10/2017

Após mais de dois meses afastado, Jailson voltou a ser relacionado pelo Palmeiras no último domingo, quando ficou no banco de reservas na vitória sobre o Grêmio. Recuperado de lesão, o goleiro comemorou seu retorno ao elenco.

?É muito bom e importante estar de volta com o grupo. Voltar a sentir esse clima de jogo, a união antes das partidas, poder ajudar os companheiros. Então é mais um passo que dei e fico feliz de poder estar junto com meus companheiros novamente?, afirmou.

Jaílson lesionou o tendão do músculo do glúteo durante a disputa de pênaltis contra o Barcelona de Guaiaquil no dia 9 de agosto, quando o Palmeiras foi eliminado nas oitavas de final da Copa Libertadores. Em um primeiro momento, o Verdão divulgou que o prazo de recuperação do atleta seria de quatro semanas.

Pouco depois, porém, o Palmeiras voltou atrás no comunicado e afirmou que o jogador de 36 anos tinha data indeterminada para retorno. A mensagem foi mal interpretada por parte da torcida palestrina, que imaginou que Jailson pudesse se aposentar, o que não ocorreu.

?Foi uma vitória importantíssima para nós. Sabíamos da dificuldade de enfrentar o Grêmio na casa deles, mas nos preparamos bem durante a semana e conseguimos os três pontos. Agora é fazer mais uma boa semana de treinos para enfrentarmos o Cruzeiro e buscar mais um resultado positivo?, completou Jailson.

Com o triunfo sobre o Tricolor, o Palmeiras roubou a vice-liderança dos gaúchos no Campeonato Brasileiro, indo a 53 pontos, seis atrás do líder Corinthians, que visita o Botafogo na noite desta segunda-feira. O Santos, com os mesmos 53 pontos, leva desvantagem no número de vitórias (16 a 14 a favor dos alviverdes).

Gazeta Esportiva

TAGS