">
PUBLICIDADE
Esportes

Deyverson soma 300 minutos a mais que Borja e mesmo número de gols

É fato que os dois centroavantes do Palmeiras estão longe de ser unanimidade entre sua torcida. Somados, Borja e Deyverson custaram ao Verdão R$ 50 milhões em 2017, mas ambos acumulam números que não empolgam a massa alviverde. Desde que chegou ao Palestra Itália, em julho, Deyverson rapidamente ganhou a condição de titular com o [?]

08:15 | 04/10/2017

É fato que os dois centroavantes do Palmeiras estão longe de ser unanimidade entre sua torcida. Somados, Borja e Deyverson custaram ao Verdão R$ 50 milhões em 2017, mas ambos acumulam números que não empolgam a massa alviverde.

Desde que chegou ao Palestra Itália, em julho, Deyverson rapidamente ganhou a condição de titular com o técnico Cuca. Contratado por 5 milhões de euros (R$ 18,7 milhões à época), o centroavante, porém, anotou apenas três gols no Campeonato Brasileiro.

O que pesa contra o camisa 16 são os minutos em campo para balançar as redes. Borja também soma três tentos no Brasileirão, mas marcou seus gols em 572 minutos em campo, contra 864 de Deyverson.

Assim, a torcida do Palmeiras já clama por mais oportunidades ao centroavante colombiano. Curiosamente, apesar de estar no Verdão desde o início do Campeonato Brasileiro, Borja atuou em oito jogos do torneio, sendo apenas cinco como titular, enquanto Deyverson iniciou 10 partidas jogando e deixou o banco de reservas em apenas uma oportunidade.

Confira atletas que podem reforçar o Palmeiras sem custos:

Apesar do desempenho abaixo da crítica de ambos os atletas, Cuca já destacou a importância de Deyverson no jogo aéreo. Para o treinador, a função do camisa 16 na ?primeira bola? é fundamental para desafogar o time através de suas ?casquinhas? de cabeça.

Contratado pelo Alviverde no último mês de fevereiro, Borja vive seu maior jejum desde que chegou ao clube alviverde. O último tento pelo Palmeiras no dia 21 de junho, data da vitória pelo placar mínimo sobre o Atlético-GO, pela nona rodada Campeonato Brasileiro. Desde então, o colombiano passou em branco em oito jogos pelo Campeonato Brasileiro, dois pela Copa do Brasil e um pela Libertadores.

O centroavante acumula um total de sete gols em 31 partidas pelo Palmeiras. Ganhador da Copa Libertadores 2016 pelo Atlético Nacional, ele curiosamente não marcou no torneio continental pelo time alviverde ? foram quatro gols no Paulista e três no Brasileiro.

Gazeta Esportiva

TAGS