">
PUBLICIDADE
Esportes

Guto Ferreira vê resultado injusto para o Internacional no Paraná

Nem o líder da Série B conseguiu vencer o Paraná em Curitiba. O time paranista é o melhor mandante do torneio com apenas uma derrota dentro de casa. Além de manter a boa fase, o Paraná bateu o recorde de público da história da Arena da Baixada. Contudo, o placar adverso foi visto como injusto [?]

00:15 | 04/10/2017

Nem o líder da Série B conseguiu vencer o Paraná em Curitiba. O time paranista é o melhor mandante do torneio com apenas uma derrota dentro de casa. Além de manter a boa fase, o Paraná bateu o recorde de público da história da Arena da Baixada. Contudo, o placar adverso foi visto como injusto pelo técnico Guto Ferreira. O comandante colorado afirmou que não viu superioridade do Paraná na partida.

?Eu acho que o resultado foi um pouco injusto com a gente. Eu não vejo uma superioridade tão grande assim no Paraná para poder ter ganho o jogo, mas no futebol, infelizmente, se eles fazem e você não faz, você perde. Eles foram competentes numa bola e tiveram a competência de impedir a gente de fazer. Por isso, o resultado acabou sendo um a zero para o Paraná. Na minha opinião, o Paraná foi feliz no gol. Fora isso, o Paraná não foi uma equipe que impôs e não superior ao Inter para ter vencido a partida do jeito que venceu. Foi um jogo no detalhe e este detalhe fez a diferença. Acho que o Inter teve mais quantidade de situações claras que o Paraná. Mas eu acho que o Paraná é uma grande equipe, sim?, observou.

A derrota do Internacional para o Paraná nesta terça-feira pouco mudou o situação do time gaúcho na liderança da Série B. O Colorado conquistou uma gordura importante nas últimas do torneio e mesmo com o tropeço vai ser manter na primeira colocação.

?A situação não tem um peso de trazer algum tipo de preocupação em demasia porque nós temos uma gordura. Mas falar em gordura é muito relativo. O futebol num estalo de dedos tudo muda. Então, a gente tem que estar muito preocupado sim para a próxima partida o que a gente vem fazendo?, afirmou o treinador colorado.

Guto teve muitos desfalques para o duelo desta noite, porém destacou que os substitutos foram muito bem no jogo e citou algumas adversidades como o campo e a sequência de partidas do colorado gaúcho.

?Por mais que se trabalhe, houve uma queda bastante acentuada do conjunto. Eu não quero colocar culpa nos meninos, até porque os dois zagueiros trabalharam muito bem no jogo. Mas por mais que você treine ainda existe a questão do momento do ambiente, do entrosamento momentâneo, e o futebol num segundo se resolve. Foi justamente neste segundo que o menino do Paraná foi mais feliz?, avaliou, antes de completar.

?Eram muitas trocas, numa sequência numa semana que praticamente nós não treinamos. Nós praticamente descansamos os jogadores e ainda assim no segundo tempo nós conseguimos empurrar o time do Paraná para dentro do campo de defesa. Outra coisa, o campo é um campo que é necessário se adaptar. É um campo diferente, um jogo mais rápido. O nosso time fez um bom jogo sem nunca ter treinado num campo destes. O Paraná fez dois ou três treinos?.

O Internacional retorna a campo na segunda-feira, às 20h (de Brasília), em um duelo gaúcho contra o Brasil-PEL, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Gazeta Esportiva

TAGS