}else{}
Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Emprestado pelo Palmeiras, Borja acerta com o Grêmio até o fim de 2022

Após passagem pelo Junior Barranquilla, atacante colombiano é cedido pelo Verdão e reforça o Tricolor até dezembro do próximo ano
Autor - Gazeta Esportiva
Foto do autor
- Gazeta Esportiva Autor
Tipo Noticia

O Grêmio oficializou a contratação de Miguel Borja nesta quinta-feira. O atleta de 28 anos assinou um vínculo até dezembro de 2022, por empréstimo. O colombiano pertence ao Palmeiras e estava emprestado ao Junior de Barranquilla.

Borja chegou a Porto Alegre na noite da última terça-feira junto de familiares e seu empresário. Na quarta, realizou exames médicos e foi apresentado ao clube.

O jogador começou sua carreira no Deportivo Cali, em 2011, mas ganhou notoriedade pelo Atlético Nacional, em 2016, quando foi eleito o melhor jogador da América. Suas boas atuações renderam a convocação para fazer parte do elenco da Colômbia que disputou as Olimpíadas realizadas no Rio de Janeiro e, mais tarde, a seleção colombiana principal na Copa do Mundo 2018.

Borja agradeceu à diretoria do Grêmio pela oportunidade e ao Felipão por acreditar no seu potencial. Sobre a situação na tabela do Brasileiro, o atacante disse que o clube tem elenco para “virar” a situação que vive no momento.

"Felipão me ligou, eu liguei também. Eu falei que estava agradecido por ele acreditar em mim. O Felipão já sabe minhas características, o que consigo fazer cada jogo. Seguramente preciso movimentar e fazer gol”, disse o jogador.

"Quando me procuraram, eu sabia que o Grêmio tem muita história. Acho que tem elenco para virar tudo que temos agora, não podemos esquecer da história do clube. Muitos jogadores querem vir, não importa a tabela. Só temos que seguir trabalhando e seguro de que vamos virar isso aí", declarou Borja.

Após chegar ao Palmeiras ainda jovem, em 2017, Miguel Borja disse que está seguro para os próximos compromissos e pronto para fazer história com a camisa do Grêmio. “Estou pronto e seguro. Quando cheguei no Palmeiras tinha apenas 23 anos, agora estou mais maduro. Muitas coisas aconteceram na minha vida que me ajudaram a melhorar. Jogo a jogo tem que responder dentro de campo”

Após clubes da Espanha, Argentina e até da Turquia despertarem interesse, o jogador comentou que era um sonho jogar no Tricolor Gaúcho e não deixou a chance escapar.

“Procuraram meu empresário muitos clubes da América e da Europa. Quando ele me falou do Grêmio, falei “Bora”. Não só agora, faz uns dois, três anos que falei para ele que gostaria de jogar no Grêmio. É um clube que tem 3 Libertadores. Estar aqui no Grêmio é um sonho que eu tinha no meu coração”, finalizou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ronald vê condições do Fortaleza vencer o Palmeiras fora de casa, mas diz que empate "não é tão ruim"

Projeção
15:48 | Ago. 05, 2021
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

O Fortaleza tem uma missão difícil no sábado. Ninguém conseguiu vencer o Palmeiras no Allianz Parque na atual Série A do Brasileiro, da qual o Verdão é líder. E como se isso já não fosse desafiador o bastante, há ainda o fato do Tricolor não vencer o Porco como visitante desde 2005.

O volante Ronald, do Fortaleza, porém, lembrou que nesta mesma edição do Campeonato Brasileiro o Leão já quebrou um tabu contra uma equipe paulista jogando fora de casa. “Eu disse no jogo contra o São Paulo que nós estávamos prontos para fazer história e o grupo está preparado para, novamente, conquistar uma vitória fora de casa diante de uma equipe tão grande quanto o Palmeiras", afirmou, em entrevista coletiva.

Ronald se referiu ao fato do Fortaleza ter batido o São Paulo pela primeira vez na história no Morumbi, no jogo da 12ª rodada. Há, no entanto, diferenças entre os dois adversários. O tricolor paulista fazia uma campanha bem irregular e era o 14º — hoje piorou, é o 17º — e já havia perdido no Morumbi. O Verdão, ao contrário, tem a melhor campanha da Série A e está invicto em casa.

É por isso que o volante do Leão reconhece que, apesar de buscar a vitória, o Fortaleza não se sentirá fracassado se roubar somente um ponto no Allianz Parque. “A gente sempre joga para ganhar, sempre buscando o melhor resultado, mas claro, um empate contra o Palmeiras não é tão ruim. Mas vamos em busca da vitória para conseguir nossos objetivos", garante.

Titular no jogo de volta contra o CRB, pela Copa do Brasil, Ronald diz não saber se vai manter o status para sábado. “Isso aí, deixo para o professor (Vojvoda), que vai analisar o time do Palmeiras e, dentro das características que ele quer para o jogo, vai escalar o time. Tem sido assim até hoje. Todos precisam estar preparados”, disse.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fortaleza tentar repetir o feito de 2005 e vencer o Palmeiras como visitante

Tabu Tricolor
10:39 | Ago. 05, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após vencer Corinthians e São Paulo no Brasileirão e encerrar dois tabus enfrentando equipes paulistas, o Fortaleza terá mais uma missão de encerrar outra marca enfrentado mais um representante da “Terra da Garoa” no Campeonato Brasileiro. O Leão não derrota o Palmeiras como visitante de a Série A de 2005, no antigo Parque Antártica. Após o triunfo, o Tricolor não conseguiu empatar e acumulou três reveses.

|Leia mais| 

Fazem mais de 16 anos da última vitória tricolor sobre o Palmeiras em solo paulista. Em 2005, o time comandando por Hélio dos Anjos bateu o Alviverde por 2 a 1, com direito a gol nos minutos finais. No segundo tempo, Fumagalli abriu o placar para o Fortaleza marcando de cabeça. Warley, atacante do Verdão, respondeu na mesma moeda e empatou cabeceando a bola aos 41 minutos. Aos 44, Lúcio recebeu cruzamento, tirou o goleiro Marcos e balançou as redes dando números finais a partida.

Após o triunfo, o Leão não conseguiu repetir o feito enfrentando o Palestra como visitante. Nos outros quatro confrontos, o Tricolor perdeu todos e não marcou nenhum gol. Foram o 3 a 0 em 2006, 4 a 0 em 2019, e um novo 3 a 0 em 2020.

|Leia mais| 

Como mandante, na temporada 2020, o Fortaleza encerrou um tabu contra o Alviverde batendo a equipe por 2 a 0 na Arena Castelão. O Leão encerrou a sequência de cinco jogos sem vencer, três vitórias palmeirenses e dois empates.

O embate ocorrerá neste sábado, 7, às 21 horas, no Allianz Parque, em confronto válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Fortaleza tem 27 pontos e ocupa a terceira posição, enquanto o Palmeiras é o líder da competição com 32.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Lula segue liderando intenções de voto para eleições de 2022, aponta PoderData

POLÍTICA
23:45 | Ago. 04, 2021
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua liderando, com 38%, as intenções de voto para o primeiro turno das eleições de 2022, conforme pesquisa do PoderData, instituto de pesquisa do portal Poder 360, divulgada nesta quarta-feira, 4. Em segundo lugar, vem o atual chefe do Executivo federal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com 25%.

Esta foi a primeira edição da pesquisa, realizada quinzenalmente, a testar o nome do jornalista José Luiz Datena, que ocupou a terceira posição na projeção, junto a outros três candidatos: Ciro Gomes, Luiz Henrique Mandetta e o governador de São Paulo, João Dória (PSDB). Com o nome de Datena na disputa, os percentuais de Lula e Bolsonaro variaram negativamente, mas ainda dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais.

Para o segundo turno, Lula ganha em todos os cenários que participa, sendo a maior vantagem contra Bolsonaro (52% a 32%) e a menor contra Dória (49% a 20%). Já Bolsonaro perde na simulação contra Dória (42% a 32%) e empata com Datena (ambos com 34%). Assim como os últimos pleitos, a projeção também indica um alto número de votos brancos ou nulos, com 12% na disputa entre Lula e Bolsonaro.

A pesquisa foi realizada entre os dias 2 e 4 de agosto, com 2.500 entrevistas em 491 municípios das 27 unidades da Federação. Para chegar ao número, o instituto faz centenas dezenas de milhares de telefonemas até que sejam encontradas as pessoas que formem o recorte que corresponde à configuração da sociedade brasileira. São considerados, entre outros fatores, a distribuição de renda e o nível de escolaridade.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

O que Roberto Cláudio precisa para ser candidato a governador

Jogo Político #145
18:53 | Ago. 04, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Opiniao

O ex-prefeito Roberto Cláudio (PDT) tem retorno a Fortaleza previsto para este mês. Ele passou temporada em São Paulo após deixar a Prefeitura e se articula com objetivo de ser o candidato da base de situação a governador do Ceará. Como provável adversário tem um velho conhecido: o deputado federal Capitão Wagner (Pros). Antes, porém, precisa conseguir ser o escolhido nas articulações internas. Pois, além dele o secretário Mauro Filho (PDT) sonha em ser o nome pedetista na disputa.

Ouça o podcast:

O episódio 145 do Jogo Político debate o que Roberto Cláudio precisa fazer para confirmar o favoritismo para ser o candidato governista nas eleições 2022 — vencê-la é outra história. Uma tarefa do ex-prefeito é assegurar o apoio interno, tarefa na qual larga em vantagem. Mas, talvez a missão mais trabalhosa seja construir vínculos e garantir não apenas o apoio, como a simpatia dos prefeitos do Interior.

E, quanto a Capitão Wagner, qual o significado da provável troca de partido para se filiar ao PSL, ex-partido de Bolsonaro e força mais assumidamente de direita na política brasileira?

Participam do Jogo Político os jornalistas Guálter George, editor-chefe de Opinião e colunista de Política; Carlos Mazza, repórter de Política e colunista; e Érico Firmo, editor de Cotidiano e colunista de Política.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Bolsonaro diz que Rogério Marinho e Fábio Faria querem o mesmo cargo no RN

POLÍTICA
14:02 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O presidente Jair Bolsonaro revelou, nesta quarta-feira (4), que os ministros das Comunicações, Fábio Faria, e do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disputam seu apoio para candidatura ao governo do Rio Grande do Norte. "Ele (Fábio Faria) quer uma coisa no Estado e o Rogério Marinho parece que quer a mesma coisa. Não podem os dois. Sei que vão chegar em um bom entendimento", minimizou em entrevista à Rádio 96 FM, de Natal (RN).
Os chefes das duas pastas estão entre os mais próximos ao presidente dentro do governo e desejam disputar cargos no Executivo com a anuência de Bolsonaro, que recentemente estimou que um terço de seus ministros deve concorrer a cargos eletivos.
Ainda sem partido definido para a disputa da reeleição em 2022, o chefe do Executivo reiterou que pretende escolher em breve uma sigla, pois deseja escolher nomes para concorrer a cadeiras no Legislativo e, assim, evitar desentendimentos e cisão com parlamentares da base aliada, como ocorreu com integrantes do PSL.
O Progressistas, legenda com a qual vinha negociando filiação para candidatura, tem resistência a aceitar o projeto de Bolsonaro, que deseja assumir controle da máquina partidária.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags