PUBLICIDADE
Esportes

Após a segunda cirurgia, Douglas diz que cogitou abandonar o futebol

Depois de passar por duas cirurgias no ligamento do joelho esquerdo e retornar aos gramados um ano e quatro meses, o meia Douglas admitiu nesta segunda-feira que analisou a possibilidade de parar de jogar futebol. Aos 36 anos, o meio-campista afirmou por qual motivo o fez seguir na profissão. ?Após a segunda cirurgia, chegou um [?]

17:45 | 09/07/2018

Depois de passar por duas cirurgias no ligamento do joelho esquerdo e retornar aos gramados um ano e quatro meses, o meia Douglas admitiu nesta segunda-feira que analisou a possibilidade de parar de jogar futebol. Aos 36 anos, o meio-campista afirmou por qual motivo o fez seguir na profissão.

?Após a segunda cirurgia, chegou um momento que eu pensei (em parar), mas foi muito breve. A vontade de jogar é maior ainda e a cabeça superou isso rapidamente. Na realidade, é que ainda têm muito jogador ruim. Então, não tinha porquê eu parar ?, revelou o meia.

Liberado pelo departamento médico do Grêmio no primeiro semestre deste ano, Douglas começou a trabalhar fisicamente. Em maio o meio-campista retornou as atividades técnicas e táticas junto ao técnico Renato Portaluppi, porém sem poder atuar em jogos. Durante a realização da Copa do Mundo, o jogador fez dois jogos pelo Tricolor Gaúcho que disputa o Brasileiro de Aspirantes e no último domingo entrou no segundo tempo do amistoso diante do Corinthians.

?Fisicamente, me sinto muito bem. Acredito que aguento os 90 minutos. O problema maior é o ritmo de jogo e o funcionamento durante a partida, mas, com o tempo, acabo ganhando?, finalizou Douglas.

Agora no segundo semestre o Grêmio terá pela frente o Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores. Douglas será inscrito nas três competições.

Gazeta Esportiva

TAGS