Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Fortaleza sai na frente, cede empate ao Goiás e segue sem vencer em casa no Brasileirão

Leão saiu na frente com Yago Pikachu, mas levou empate aos 40 minutos do segundo tempo. Resultado fez o tricolor continuar sem vitória na Série A.

Na noite desta quinta-feira, 9, o Fortaleza recebeu o Goiás na Arena Castelão, em partida válida pela 10ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com gols de Yago Pikachu, para o Leão, e Pedro Raúl, para o esmeraldino, a partida terminou empatada em 1 a 1. 

O Leão do Pici perdeu a oportunidade de embalar a segunda vitória na Série A. Com isso, o Fortaleza seguiu na lanterna da competição, com seis pontos, cinco atrás da primeira equipe fora da zona do rebaixamento, o Avaí. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo

Precisando da vitória para embalar no Campeonato Brasileiro, o Fortaleza fez o que o torcedor esperava da equipe: começou o jogo pressionando. O Leão ditou por completo o ritmo da partida e não deixou o Goiás sair do campo de defesa.

A primeira finalização do jogo saiu aos cinco minutos, com Felipe. O volante recebeu a bola na ponta esquerda, puxou para o meio do campo e finalizou forte com a perna direita. O chute acabou indo por cima do gol, sem levar muito perigo para o gol de Tadeu.

O Leão continuou pressionando o Goiás, até que as investidas surtiram efeito. Aos 12 minutos, Felipe dominou na faixa central e tocou para o meio da área. O passe ia na direção de Silvio Romero, mas o argentino fez um belo corta-luz e enganou toda a defesa adversária. Yago Pikachu recebeu a bola próximo da marca do pênalti e finalizou na saída de Tadeu.

Como de costume, a arbitragem não deixou de atrair as atenções no primeiro tempo. Por volta dos 20 minutos, Yago Pikachu se preparava para finalizar de perna esquerda dentro da área, mas acabou sendo derrubado após o adversário fazer a carga nas costas. Bruno Arleu de Araújo foi ao VAR para analisar o lance, mas decidiu não marcar o pênalti.

Atrás no placar, o Goiás retornou do intervalo com uma postura bem diferente. A equipe de Jair Ventura buscou ficar mais tempo com a bola, e, por consequência, rondou mais a área do Fortaleza. Felipe Bastos, no segundo minuto, arriscou de longe em cobrança de falta e obrigou Boeck a fazer boa defesa.

Por volta dos 10 minutos, o Fortaleza sofreu uma perda importante. O zagueiro Marcelo Benevenuto acabou torcendo o tornozelo esquerdo e precisou ser substituído. O defensor pode ter sido vítima das más condições do gramado da Arena Castelão ao se machucar sozinho. Titi entrou em seu lugar.

Com a melhora do Goiás, Vojvoda viu necessidade de fazer mudanças no Fortaleza. O argentino protagonizou as entradas de Robson e Zé Welison. A partir disso, o Leão conseguiu respirar no jogo, mas ainda assim o esmeraldino manteve o ímpeto. 

Nos minutos finais de jogo, a equipe goiana foi para o famoso "abafa". Jair Ventura lançou o time para o ataque, buscou pressionar o tricolor contra o próprio gol. A iniciativa surtiu efeito e Pedro Raul empatou o jogo aos 40 minutos. 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar