Participamos do

Fortaleza atua mal e é derrotado pelo Cuiabá na estreia do Brasileirão

Everton marcou para o Dourado o único gol da partida ainda na primeira etapa. Tricolor do Pici atuou com time misto e apresentou dificuldades para criar situações de gol
19:57 | Abr. 10, 2022
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Repórter do caderno de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Fortaleza iniciou o Brasileirão Série A de 2022 com derrota. Na noite deste domingo, 10, a equipe foi superada pelo Cuiabá em 1 a 0. O gol do Dourado foi marcado aos sete minutos do primeiro tempo, pelo atacante Everton. Com o resultado, o Tricolor do Pici finaliza a primeira rodada do certame na segunda parte da tabela, sem somar nenhum ponto.  

Com uma escalação diferente da habitual, o Leão protagonizou desde a primeira etapa um futebol bastante condensado. Embora tivesse a posse de bola, a equipe tinha dificuldade em criar oportunidades de gol por conta da marcação do Cuiabá, que fazia com que o grupo tivesse que jogar em baixa velocidade.

Nos minutos iniciais, o Dourado conseguiu chegar perto da meta de Max Walef principalmente com contra-ataques e foi em uma dessas jogadas de alta velocidade que o gol saiu. Aos sete minutos, após cobrança de falta de Rafael Gava, o zagueiro Titi tentou cortar o perigo, mas acabou servindo o atacante Everton. Na finalização do camisa 11, a bola bateu em Vitor Ricardo e o time visitante abriu o placar. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Com a desvantagem no placar, o Tricolor do Pici buscou o jogo, mas seguiu trabalhando com pouca velocidade, enfrentando principalmente a forte marcação defensiva do Cuiabá. As principais chances do Leão na primeira etapa ocorreram com Lucas Crispim aos 19 minutos, com Ceballos aos 30 e com Jussa aos 41, mas as dez finalizações dadas na primeira etapa não foram suficiente para colocar o time de Vojvoda em igualdade até o apito para o intervalo.

Na segunda etapa, as equipes voltaram mais determinadas e trabalhando com mais velocidade nos minutos iniciais, mas o ritmo não se sustentou com o passar dos minutos. Com a intensidade do jogo seguindo insuficiente para os treinadores e também para a torcida, o técnico Vojvoda decidiu aplicar mudanças em campo, colocando Kayzer, Moisés e Silvio Romero no jogo.

As alterações fizeram com que a equipe levasse perigo ao gol de Walter e boas chances foram criadas. Aos 27 minutos, Silvio Romero chegou perto do empate ao receber cabeceio de Kayzer, mas a bola bateu na defesa adversária e saiu. No minuto seguinte, Hércules finalizou forte de longe, mas o goleiro fez boa defesa.

Apesar do maior número de finalizações, no entanto, o Tricolor seguiu com problemas principalmente na criação entre o meio de campo e o ataque. No setor de defesa na maior parte do tempo, o Cuiabá só voltou a criar oportunidade de ampliar o placar aos 40 minutos, em contra-ataque de Alesson, mas Max Walef fez grande defesa.

O Fortaleza volta a entrar em campo na quarta-feira, 13, quando enfrenta o River Plate no Monumental de Núñez, pela Copa Libertadores. No mesmo dia, o Cuiabá, pela Copa Sul-Americana, joga contra o Racing, também na Argentina.

 

 

Na segunda etapa, as equipes voltaram mais determinadas e trabalhando com mais velocidade nos minutos iniciais, mas o ritmo não se sustentou com o passar dos minutos. Com a intensidade do jogo seguindo insuficiente para os treinadores e também para a torcida, o técnico Vojvoda decidiu aplicar mudanças em campo, colocando Kayzer, Moisés e Silvio Romero no jogo.

As alterações fizeram com que a equipe levasse perigo ao gol de Walter e boas chances foram criadas. Aos 27 minutos, Silvio Romero chegou perto do empate ao receber cabeceio de Kayzer, mas a bola bateu na defesa adversária e saiu. No minuto seguinte, Hércules finalizou forte de longe, mas o goleiro fez boa defesa. 

Apesar do maior número de finalizações, no entanto, o Tricolor seguiu com problemas principalmente na criação entre o meio de campo e o ataque. No setor de defesa na maior parte do tempo, o Cuiabá só voltou a criar oportunidade de ampliar o placar aos 40 minutos, em contra-ataque de Alesson, mas Max Walef fez grande defesa. 

O Fortaleza volta a entrar em campo na quarta-feira, 13, quando enfrenta o River Plate no Monumental de Núñez, pela Copa Libertadores. No mesmo dia, o Cuiabá, pela Copa Sul-Americana, joga contra o Racing, também na Argentina.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar