Participamos do

Fernando Miguel projeta melhor temporada da carreira no Fortaleza

Na apresentação oficial, goleiro falou das expectativas de vestir a camisa Tricolor e disse que busca entender o formato de jogo do time e processos da comissão técnica o mais rápido possível
18:45 | Jan. 12, 2022
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Fortaleza começou a apresentar os reforços para a temporada 2022 da maneira como se forma uma equipe, ou seja, iniciando pelo goleiro. Por isso, na tarde desta quarta-feira, 12, o experiente Fernando Miguel falou à imprensa pela primeira vez como atleta do Fortaleza.

Aos 36 anos, o gaúcho, quase conterrâneo de Marcelo Boeck, como ele mesmo disse — a cidade natal de Fernando Miguel, Venâncio Aires, fica a 25km de Vera Cruz, onde nasceu o arqueiro ídolo do Leão — garante ter vindo com energia e vontade de evoluir com o clube.

"Estar vestindo a camisa do Fortaleza para mim é motivo de orgulho, é um clube que vem se estruturando, vem acreditando na sua identidade, nos seus princípios, nos seus valores, na força da sua terra [...] e venho com essa expectativa de crescer, de surpreender, de mostrar para o mundo nosso potencial e fazer parte disso tudo é muito motivador para mim", disse.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Titular absoluto do Atlético-GO na temporada passada, o goleiro foi um dos destaques da Série A e muitos consideram que foi uma de suas melhores temporadas. Fernando Miguel discorda e projeta no Fortaleza o melhor momento para a carreira.

"Eu acredito que minha melhor versão é sempre a que está por vir. Ano após ano tenho conseguido me desenvolver e tenho energia e disposição suficiente para isso, então sempre acredito que o ano seguinte é o melhor da minha carreira”, acredita.

Dos jogadores do elenco do Fortaleza, o goleiro já trabalhou apenas com David, no Vitória-BA, e Yago Pikachu, no Vasco, mas disse que já está buscando o máximo de integração com os outros jogadores e buscando entender os processos de trabalho da comissão técnica e ideia de jogo do treinador para conseguir se encaixar no time e fazer uma grande temporada.

A preferência de Fernando Miguel, claro, é que a ajuda dele seja em campo, jogando, mas diante de uma concorrência difícil no clube, o experiente arqueiro deixa claro que respeita as escolhas da comissão técnica.

“Posso dizer que minha expectativa é trabalhar e ser melhor que o Fernando Miguel mesmo. Acredito que a gente precisa pensar dessa forma, em se desenvolver, em crescer, evoluir e deixar as escolhas para competência de quem deve decidir fazê-las. Precisamos ter o respeito e a responsabilidade com o futebol, com aquele que decide, mas principalmente com a instituição que nos contrata, que no caso é o Fortaleza [...] Em primeiro plano o aspecto coletivo", prega.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags