Participamos do

Fortaleza bate Palmeiras por 1 a 0 e volta a vencer na Série A

Com gol marcado por Robson no primeiro tempo, Tricolor do Pici encerra sequência de cinco jogos sem vencer e volta ao G-4 do Brasileirão. Leão chegou a sofrer o gol de empate no fim do jogo, mas o empate palmeirense foi anulado após intervenção do VAR
21:04 | Nov. 20, 2021
Autor Martonio Carvalho
Foto do autor
Martonio Carvalho Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Pressionado pela sequência de resultados negativos nos últimos jogos, o Fortaleza voltou a campo na noite deste sábado, 20, para enfrentar o Palmeiras-SP, em jogo válido pela 34ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com gol marcado por Robson ainda no primeiro tempo, o Tricolor do Pici derrotou a equipe alviverde por 1 a 0 e encerrou jejum de cinco partidas sem vencer no Brasileirão.

Com o resultado, o Fortaleza chega a 52 pontos, sobe na tabela de classificação e volta ao G-4 do Brasileirão, na quarta colocação. A equipe comandada pelo treinador Juan Pablo Vojvoda tem a mesma pontuação do RB Bragantino-SP, mas vence o Massa Bruta nos critérios de desempate. O time alviverde chegou à terceira derrota consecutiva e permanece na terceira posição, com 58 pontos.

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza visita o Santos-SP, na quinta-feira, 25, às 19 horas, no estádio Vila Belmiro. De olho na final da Libertadores, o Palmeiras joga contra o Atlético-MG na próxima terça-feira, 23, às 21h30min, no Allianz Parque, em São Paulo (SP). As partidas são válidas pela 35ª rodada da competição.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo:

Fortaleza e Palmeiras fizeram um primeiro tempo equilibrado, com bastante movimentação das duas equipes, mas com protagonismo tricolor nas chances de gol criadas. Apesar dos erros de passe na definição das jogadas, foram do Leão as melhores oportunidades da primeira etapa.

Nos primeiros 15 minutos de jogo, o time comandado por Juan Pablo Vojvoda subiu as linhas de marcação e tentou tomar a iniciativa do confronto, mas só conseguiu chegar em chutes de fora da área. Matheus Jussa e Robson arriscaram, mas não levaram perigo ao gol defendido por Weverton.

Bem postado defensivamente e sem sofrer com ofensivas da equipe rival, a equipe da casa só voltou ao ataque aos 36 minutos. Após cobrança de falta de Yago Pikachu na área, Marcelo Benevenuto apareceu livre de marcação e cabeceou firme para obrigar Weverton a fazer ótima defesa.

No lance seguinte, saiu o primeiro gol do Tricolor do Pici. Após roubada de bola na intermediária, David finalizou forte de fora da área, o goleiro palmeirense deu rebote e, Robson, livre de marcação, teve calma para deslocar o arqueiro, abrir o placar na Arena Castelão e fazer a festa da torcida leonina.

A equipe alviverde só conseguiu chegar com perigo no último lance do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, a defesa tricolor afastou mal e a bola ficou com Gustavo Scarpa. O meio-campista avançou pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Mayke, mas Yago Pikachu foi preciso para se antecipar ao jogador da equipe visitante e afastar o perigo.

O segundo tempo começou com os ânimos exaltados entre os dois times. Nos primeiros 20 minutos as equipes abusaram das faltas, passes errados e reclamações sobre as marcações da arbitragem. Com a vantagem no placar, o Fortaleza adotou postura mais defensiva, com técnico Vojvoda sacando o meia Matheus Vargas e colocando o volante Felipe. O Palmeiras chegou a ter 76% de posse de bola e passou a ocupar o campo de ataque, mas não conseguiu criar boas chances de gol.

O Leão só chegou ao ataque na etapa final aos 31 minutos. Edinho avançou pelo lado direito, chegou à linha de fundo e cruzou na medida para Robson, mas o artilheiro tricolor não pegou bem na bola e finalizou para fora.

Os últimos minutos do confronto foram de fortes emoções. Ao 44, Patrick de Paula finalizou de fora da área e empatou o jogo para os Palmeiras. Para alívio dos torcedores tricolores, o VAR recomendou o árbitro da partida a revisar o lance. No chute do jogador alviverde, a bola passou entre as pernas de Gustavo Gomez e atrapalhou o goleiro Marcelo Boeck. O zagueiro palmeirense estava em posição irregular e o gol foi anulado por impedimento. 

Durante a revisão do VAR, Yago Pikachu, que já havia sido substituído, passou mal e deu um novo susto na torcida tricolor. A partida ficou paralisada e a ambulância foi acionada. Felizmente, o ala tricolor teve apenas uma queda de pressão e ficou bem em seguida.

Na retomada da partida, o Palmeiras foi para o tudo ou nada e quase conseguiu o gol de empate aos 48 e aos 51 minutos, em finalizações de Wesley. Na primeira, o jogador alviverde parou em ótima defesa de Boeck. Na segunda, o goleiro tricolor saiu mal do gol e a bola sobrou para o atacante, que tocou de cabeça e só não marcou porque Benevenuto salvou em cima da linha e garantiu a vitória que devolveu o Fortaleza ao G-4.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags