Participamos do

Robson encerra jejum de gols e se isola na artilharia do Fortaleza na temporada 2021

Atacante volta a balançar as redes após mais de dois meses na vitória por 3 a 0 sobre o Athletico-PR, chega a 13 tentos no ano e se torna principal goleador do Tricolor
21:52 | Out. 23, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Repórter de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O gol marcado na vitória por 3 a 0 sobre o Athletico-PR, neste sábado, 23, na Arena Castelão, pela 28ª rodada da Série A, serviu para o atacante Robson quebrar o jejum de mais de dois meses sem balançar as redes e se isolar na artilharia do Fortaleza na temporada 2021, com 13 tentos.

A última vez que o camisa 7 tinha marcado um gol havia sido no dia 7 de agosto, no triunfo por 3 a 2 sobre o Palmeiras-SP, no Allianz Parque, pelo Brasileirão. Desde então, foram 13 partidas em branco ao longo de 77 dias até encerrar a marca negativa diante do Furacão.

Aos 15 minutos do segundo tempo, Robson aproveitou cruzamento na medida de Lucas Lima e cabeceou firmou para superar Bento e marcar o terceiro gol da noite no Gigante da Boa Vista. Foi o oitavo gol do atacante na competição nacional, em que divide a artilharia do Leão com o ala Yago Pikachu, com oito gols cada - o camisa 22 também marcou contra o Rubro-Negro.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Reforço do Tricolor para 2021 com contrato por três temporadas, o jogador de 30 anos já balançou as redes 13 vezes pelo clube e é o principal goleador do elenco. Além dos oito tentos no Campeonato Brasileiro, foram mais quatro no Campeonato Cearense e um na Copa do Nordeste. Até então, Robson dividida o posto com o também atacante David, que fez 12 gols.

Com o triunfo sobre o Athletico-PR, o Fortaleza assumiu a vice-liderança da Série A, com 48 pontos. O próximo compromisso será diante do Atlético-MG, quarta-feira, 27, às 21h30min, novamente no Castelão, pela semifinal da Copa do Brasil. Com a goleada sofrida por 4 a 0 no jogo de ida, a equipe do Pici precisa vencer por cinco gols de diferença para avançar a uma inédita final do torneio.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags