Participamos do

Chileno Ángelo Henríquez garante encaixe no jogo do Fortaleza e vê clube como trampolim para seleção

Jogador falou sobre as características que possui, afirmou que pelo que já viu de treinos e jogos tem condições de se encaixar e acredita que se for bem no Campeonato Brasileiro pode ter nova chance na seleção chilena
21:26 | Ago. 11, 2021
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Apesar de estar no Pici há quase um mês e já ter sentado duas vezes no banco de reservas, mas não estreou, o atacante chileno Ángelo Henríquez foi apresentado oficialmente pelo Fortaleza na tarde desta quarta-feira, 11. Com um português já um pouco apurado, o jogador falou sobre as impressões que tem do elenco e acha que cabe na proposta de jogo do time.

"Minha impressão é muito boa, gostei muito do grupo, acho que os jogadores são muito alegres, muito profissionais, todos. O corpo técnico também, com vontade de trabalhar bem e, sim, gostei muito do estilo dos treinos e do jogo do time. Acho que posso encaixar bem, pois sou um jogador que tem mobilidade, que se doa e pelas coisas que vi nos treinos e jogos, acho que posso encaixar no time", disse.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Além da mobilidade, Henríquez falou um pouco mais sobre as características de jogo que possui. "Gosto de buscar os espaços, tentar sempre (jogar) pra frente, ser profundo e estar perto da área para poder marcar gols. A equipe tem muita entrega, jogadores tem muita qualidade técnica e que sempre tem que dar tudo em campo, 100% em cada jogo, porque é o que pede o treinador e pela dificuldade do campeonato", explicou.

O jogador também elogiou a estrutura do Centro de Excelência Alcides Santos, afirmando que "tem tudo que os jogadores precisam para fazer um bom treinamento e recuperação”, mesmo sem ser uma das maiores estruturas, na opinião dele. E Henríquez tem prioridade para falar do assunto, já que tem passagens por grandes equipes de diferentes países, como Universidad do Chile, Atlas, do México, Dínamo Zagreb, da Croácia, Manchester United, da Inglaterra, e Zaragoza, da Espanha.

Ao aceitar o convite do Fortaleza, Ángelo tinha em vista jogar em mais uma “liga” diferente e forte. Ele acredita que se conseguir se destacar no Campeonato Brasileiro, tem chances de ser convocado novamente para a seleção do Chile.

"Venho para o Fortaleza com esperança de aprender mais sobre um novo futebol, saber que vou jogar em uma das ligas mais fortes do mundo e creio que jogando bem aqui posso ser uma opção para jogar na seleção chilena. Sempre falo que um jogador que se mantém jogando bem em sua equipe, pode ser considerado opção para seleção", disse.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags